Tigelada da Beira Baixa

Este doce, típico da Beira Baixa, era tradicionalmente confecionado em caçoilos de barro e não em tigelas como as demais receitas existentes em Portugal. A tigelada era geralmente cozida num forno a lenha, por norma um forno comunitário, a seguir à fornada do pão, ou após se ter assado um cabrito, para aproveitar o forno já bem quente.

O doce era feito sobretudo a partir do início do verão, altura do ano em que se começa a crestar as colmeias. Um outro aspeto interessante é que o leite utilizado era o de cabra, dado ser o leite produzido na região, dando um gosto característico à tigelada.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de mel
  • 1 l de leite
  • 2 colheres (sopa) mal cheias de farinha de trigo
  • 500 g de açúcar escuro
  • 7 ovos
  • raspa de limão
  • azeite q.b.

Confeção:

Unte caçoilos de barro vidrado vermelho com azeite e meta-os em forno bem quente.

Bata muito bem os ovos com o açúcar, o mel e casca de limão. Esta fase da receita é normalmente manual para ser batida com força.

Adicione a farinha e dissolva tudo com o leite.

Sem retirar os caçoilos do forno, encha-os com a ajuda de uma concha.

Deixe-as cozer até ficarem com a consistência de pudim.

Sirva as tigeladas nos caçoilos onde foram cozidas.

Print Friendly, PDF & Email

One Response to Tigelada da Beira Baixa

  1. Teodora M. Pereira diz:

    A tigelada e muito conhecida e usada pela minha familia.Porem esta da Beira Baixa, tem um paladar delicioso,e para os meus 5 netos, tenho que dobrar a receita uma vez que todos repetem a porcao recomendada. Parece que o segredo, esta no uso do acucar escuro e na forma de barro usada para a cozedura.Souberam escolher esta receita. Parabens.As brisas de Lis parecem ser excelentes e aconselho-vos a publicacao de doces conventuais uma vez por outra, pois que sao sempre uma gostosura. Irei cofeccionar todas e fornece-las as minhas amigas, que estao encantadas, e aguardam curiosas as suas publicacoes. Muito obrigada.
    Teodora Pereira

Responder a Teodora M. Pereira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *