Tag Archives: whisky

Pudim de Natal

Este pudim, tradicionalmente servido no Natal como parte da ceia da consoada, tem as suas origens na Inglaterra medieval. Na sua confeção entra uma quantidade considerável de passas – corintos e sultanas -, levando também fruta cristalizada e especiarias.

O pudim mantém-se durante vários meses (até um ano), porque contém muito álcool.

Ingredientes:

  • ½ colher (chá) de fermento em pó
  • 1 chávena (café) de leite
  • 1 chávena de açúcar
  • 1 chávena de vinho do Porto
  • 1 colher de bicarbonato de sódio
  • 1 copo de conhaque ou whisky
  • 1 pacote de cidrão
  • 100 g de abóbora cristalizada
  • 125 g de manteiga
  • 150 g de cerejas cristalizadas
  • 2 chávenas de farinha
  • 250 g de corintos
  • 250 g de sultanas
  • 4 ovos

Confeção:

Bata muito bem a manteiga com o açúcar.

Junte os ovos, um a um, e volte a bater bem.

Acrescente os ingredientes secos, previamente peneirados, o leite e o vinho do Porto. Mexa bem.

Por último, deite as frutas e leve a cozer em forno lento, entre 1h e 30m a 2h, numa forma lisa com papel untado de manteiga.

Quando o pudim estiver cozido, retire-o e regue com o conhaque ou whisky. Decore a seu gosto.

Salame de Chocolate com Amêndoa

O salame é um doce tradicional que faz as delícias de crianças e adultos, podendo ser saboreado como sobremesa, ao lanche ou em qualquer momento do dia.

Folhado Cremoso

Veja como fazer esta maravilhosa sobremesa, feita com massa folhada, recheada com creme de natas e doce de ovos. A apresentação vistosa e sugestiva tornam este folhado numa ótima opção para uma ocasião festiva.

Tarte de Laranja

Esta tarte de laranja é uma receita simples de fazer e fica com um aspeto digno de uma ocasião festiva. O recheio fica inicialmente líquido, uma vez que leva natas, sumo de laranja e whisky; no entanto, a presença do requeijão e da gelatina ajudam a solidificar.

Para a massa
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 130 g de farinha de trigo
  • 3 ovos
  • 60 g de açúcar
  • 60 g de manteiga
Para o recheio
  • 200 ml de natas
  • 100 ml de sumo de laranja
  • 160 g de açúcar em pó
  • 2 colheres (sopa) de whisky
  • 4 laranjas
  • 500 g de requeijão
  • 8 folhas de gelatina

Confeção:

Ligue o forno a 180º C.

Para a massa da tarte, comece por bater a manteiga até esbranquiçar.

Acrescente o açú­car e continue a bater até obter uma mistura cremosa.

Adicione os ovos, a farinha, o fermento e o sal, envolvendo bem.

Deite o preparado numa tarteira untada e leve ao forno durante 20 minutos.

Retire a massa depois de cozida e deixe-a arrefecer na forma. Entretanto, prepare o recheio.

Descasque as laranjas, retire-lhes polpa e esprema-as.

Misture a polpa e o sumo de laranja com o requeijão e o açúcar.

Demolhe 6 folhas de gelatina em água fria, esprema-as e leve a lume brando até dissolverem.

Junte a gelatina à mistura anterior e deixe arrefecer um pouco. Por fim, envolva as natas batidas.

Desenforme a massa, barre-a com o recheio e leve ao frigorífico cerca de 3 horas.

Derreta as restantes folhas de gelatina em banho-maria.

Misture o whisky com os 100 ml de sumo de laranja e junte a gelatina já derretida.

Deite o preparado sobre a tarte e leve no­vamente ao frigorífico.

Decore a sua tarte de laranja a gosto e sirva.

Tarte de Cacau com Whisky

Esta tarte é extremamente simples de preparar, tendo de ficar algumas horas no frigorífico depois de pronta. O whisky dá-lhe um toque aromático único e intenso, mesclando-se com a intensidade do cacau e da baunilha.

A sobremesa perfeita para aqueles dias em que quer algo rico e saboroso ou quando tem convidados que quer impressionar…

Ingredientes:

Para a massa
  • 150 g de farinha
  • 2 gemas
  • 50 g de açúcar
  • 75 g de manteiga
Para o recheio
  • 1 colher (chá) de leite
  • 1 gema
  • 1 laranja
  • 1 vagem de baunilha
  • 250 g de cacau amargo
  • 2 colheres de whisky
  • 300 ml de natas
Para a decoração (opcional)
  • casca de laranja
  • açúcar em pó

Confeção:

Disponha a farinha em monte sobre uma superfície lisa. Faça uma cova no meio e coloque a manteiga em pedaços, o açúcar e as gemas.

Amasse com a ponta dos dedos até obter um composto homogéneo.

Polvilhe a superfície com farinha e estenda a massa, forrando depois uma tarteira com ela.

Pique o fundo com um garfo e leve ao forno (210º C) a cozer 20 minutos. Passado esse tempo, retire a tarteira do forno e deixe arrefecer.

Para o recheio, corte uma casca fina da laranja, passe-a durante 2 minutos por água a ferver e escorra-a; pique metade miudinha e ponha de lado.

Aqueça as natas e o leite e mergulhe neles a vagem de baunilha, cortada ao meio na vertical. Deixe ferver em lume brando e misture durante 1 a 2 minutos; tire do lume e extraia a baunilha.

Dissolva o cacau com o leite a ferver e adicione a gema, a casca de laranja picada e o whisky.

Deite o creme sobre a base da massa, leve ao forno durante 2 minutos e deixe arrefecer.

Reserve a tarte no frigorífico durante cerca de 8 horas.

Se desejar, antes de servir, decore com uma fita de casca de laranja e açúcar em pó.

Sugestão:

Use as claras que sobraram da preparação da tarde para fazer as sempre apetecíveis Línguas de Gato.