Tag Archives: vinho do Porto

Filhós de Forma com Calda

Este é um doce tradicional da cozinha portuguesa, normalmente confecionado na quadra de Natal e ano novo. A massa é em tudo idêntica à das restantes filhós, mas estas ficam com uma consistência que permite criar uma camada para aderirem à forma onde vão fritar.

Embora possam ser servidas do modo tradicional, polvilhadas com açúcar e canela, nesta receita são regadas com uma calda de açúcar com Vinho do Porto, laranja e canela, que deixa as filhós firmes durante alguns dias.

Ingredientes:

Para as filhós
  • ½ litro de azeite fino
  • 100 g de manteiga
  • 20 ovos
  • 70 g de açúcar
  • farinha q.b.
  • suco de 1 laranja
Para a calda
  • 100 ml de Vinho do Porto (opcional)
  • 200 ml de água
  • 3 paus de canela
  • 400 g de açúcar
  • casca de 1 laranja

Confeção:

Num alguidar de barro vidrado, amasse o açúcar, a manteiga derretida, os ovos e o suco da laranja.

Depois de tudo bem ligado, junte a farinha, aos poucos, até ficar um creme não muito espesso.

Tape a massa e deixe repousar durante ½ hora.

Leve o azeite ao lume e, quando ferver, mergulhe nele uma forma especial para filhós (para aquecer).

Quando a forma estiver quente, afunde-a na massa, meio centímetro abaixo da parte superior, mergulhando-a em seguida no azeite a ferver. Sacuda para a filhó cair no azeite, onde fica até estar bem loura de todos os lados.

Tiradas as filhós da fritura, ponha-as a escorrer.

Para a calda, leve ao lume o açúcar com a água, o Vinho do Porto, a casca de laranja, cortada bem fina, e os paus de canela.

Quando começar a ferver, deixe no lume mais 5 minutos e retire.

Passe as filhós pela calda e sirva.

Mexidos de Amêndoa

Esta é mais uma receita tradicional de Natal do riquíssimo património da cozinha portuguesa. Existem diferentes receitas deste doce, que é muito popular por todo o país, mas tem especial relevância na região do norte.

Ingredientes:

  • 1 cálice de Vinho do Porto
  • 1 limão
  • 1 litro de leite
  • 100 g de manteiga
  • 180 g de miolo de amêndoa
  • 200 g de pão
  • 250 g de açúcar
  • 6 gemas
  • missangas coloridas p/ decorar (opcional)

Confeção:

Corte o pão em fatias finas para dentro de uma tigela grande.

Regue o pão com o leite a ferver e misture. Cubra com uma tampa e um pano, deixando repousar até arrefecer.

Passe o preparado por uma peneira e adicione o açúcar e o vinho do Porto.

Junte e misture a amêndoa pelada e grosseiramente picada, a manteiga amolecida e as gemas.

Cozinhe sobre lume brando, mexendo sempre, durante 10 minutos.

Aromatize com a raspa do limão, misture e deite numa travessa.

Se desejar, decore os mexidos com missangas. Deixe arrefecer e sirva.

SUGESTÃO:

Os Ésses de Peniche (receita AQUI) são uma excelente forma de usar as claras que sobraram da preparação dos mexidos.

Bolo de Marmelada e Nozes com Cobertura de Geleia

Um bolo delicioso, com marmelada e nozes, perfumado com Vinho do Porto. Já publicámos anteriormente um bolo idêntico em termos de ingredientes, Bolo de Marmelada com Nozes e Corintos, mas nesta receita não são adicionadas as passas de uva e é colocada uma cobertura de geleia de marmelo.

Uma excelente ideia para o dia de Todos os Santos e para compor a mesa de Natal.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 100 g de nozes picadas
  • 100 ml de Vinho do Porto
  • 150 g de açúcar
  • 200 g de farinha
  • 200 g de marmelada
  • 6 ovos
Para a cobertura

Preparação:

Ligue o forno a 180° C.

Bata muito bem o açúcar com os ovos, até obter um preparado esbranquiçado.

Junte a marmelada (em pedaços) e continue a bater até esta estar completamente desfeita e a mistura uniforme.

Acrescente o Vinho do Porto, seguido da farinha e fermento, peneirados. Misture bem para ligar todos os ingredientes.

Adicione as nozes picadas e envolva-as na massa.

Deite o preparado numa forma, untada e polvilhada com farinha, e leve ao forno cerca de 30 minutos.

Depois de cozido, pincele o bolo com geleia de marmelo, previamente derretida no microondas.

Deixe ficar mais 5 minutos no forno, mas com o lume desligado.

Desenforme o bolo depois de frio.

Bolo de Marmelada com Nozes e Corintos

A massa deste bolo é leve, mas muito rica, pela conjugação de ingredientes que compõem a receita. Feito à base de marmelada, o bolo leva nozes e corintos (mergulhados em Vinho do Porto para amolecerem e receberem o sabor da bebida), ficando simplesmente delicioso.

Sabe particularmente bem no outono e inverno, quando nos apetecem bolos mais intensos, em que entram, normalmente os frutos secos. Além disso, é uma boa forma de usar a marmelada, feita habitualmente nesta época do ano para aproveitar a estação dos marmelos. Sabe muito bem uma fatia deste bolo ao lanche ou a acompanhar  uma chávena de chá/café, sendo perfeito para servir nas festas que vão dos Santos até ao Natal.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 cálice de Vinho do Porto
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó
  • 100 g de nozes picadas
  • 200 g de farinha
  • 30 g de corintos
  • 4 ovos (claras e gemas separadas)
  • 500 g de marmelada 
  • 80 g de açúcar amarelo
Para a cobertura (opcional)
  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • açúcar q.b.

Confeção:

Ligue o forno a 180° C.

Ponha os corintos a macerar no Vinho do Porto. Reserve.

Bata as gemas com o açúcar e a canela.

Junte a marmelada (em pedaços) e continue a bater até esta estar completamente desfeita e a mistura uniforme e fofa.

Coe os corintos e acrescente o Vinho do Porto onde os demolhou ao preparado anterior. Envolva bem.

Adicione a farinha, os corintos e as nozes e misture-os na massa. Reserve.

Bata as claras em castelo bem firme e junte-as à massa, a pouco e pouco, mexendo suavemente.

Deite numa forma, untada e polvilhada, e leve no forno cerca de 30 minutos.

Desenforme o bolo, deixe arrefecer e polvilhe com açúcar em pó e canela.

Vinho do Porto Quente (Entre Douro e Minho)

O consumo dos vinhos quentes aromatizados com especiarias é milenar, sendo os primeiros registos do início do Império Romano. Estas bebidas são particularmente apreciadas no inverno, sobretudo nas regiões mais frias, pelo vigor e aconchego que proporcionam.

Existem diversas receitas de vinhos quentes, a maioria delas feitas com vinhos doces, como é o caso do vinho do Porto. Esta receita em concreto é típica da região de Entre Douro e Minho, no norte de Portugal, está particularmente associada aos dias festivos do Natal. No entanto, o vinho do Porto quente é apreciado ao longo de todo o inverno, nos serões em frente à lareira.

Ingredientes:

  • ½ litro de vinho do Porto de boa qualidade
  • ½ cálice de aguardente velha
  • 1 colher (sopa) de mel
  • 1 chávena de (café) de passas
  • 1 chávena de (café) de corintos
  • 1 pau de canela

Confeção:

Leve o vinho do Porto ao lume e vá adicionando os ingredientes pela ordem indicada na listagem.

Mexa muito bem até levantar fervura.

Retire o pau de canela e sirva a bebida quente.

[shopeat_button]