Tag Archives: sumo de limão

Bolos de Cabeça (Torres Novas)

Estes bolos, feitos com uma massa fermentada, maciça mas fofa, aromatizada com canela, erva-doce e limão, são uma especialidade da doçaria regional de Torres Novas, sendo presença quase obrigatória nas festas e romarias do concelho. Embora se tendam de maneira diferente, a massa é semelhante à de outros bolos que se fazem na região Oeste, também muito frequentes nas festas de casamento, como lembrança dos noivos para os convidados – exemplo disso são as ferraduras, os bolos de festa ou os bolos de noivos.

Os bolos de cabeça têm em si os traços da doçaria popular, com os seus torcidos e entrançados característicos. Começaram por ter a forma de cruz, mas como são tradicionalmente oferecidos nos casamentos, estes bolos passaram a ter a forma de duas cabeças, que representam os noivos, uma vez que relação e vida do casal é feita a dois.

Com a mesma massa podem tender-se formas mais simples, como ferraduras e bolinhas (polvilhadas com açúcar e enfeitadas com uma noz), sendo estas últimas confecionadas sobretudo na altura dos Santos. Nesta festividade do dia de Todos os Santos, em Torres Novas, estes bolos integram a tradição popular do “pão por Deus”, pedido pelas crianças e partilhado entre familiares, vizinhos e amigos.

Ingredientes:

  • 10 g de fermento de padeiro
  • 100 ml de azeite
  • 50 g de manteiga
  • 1 colher (sobremesa) de bicarbonato de sódio
  • 1 colher (sobremesa) de canela
  • 1 colher (sobremesa) de erva-doce
  • 10 g de sal
  • 1,4 kg de açúcar amarelo
  • 2,5 limões (sumo e raspa)
  • 2,9 kg de farinha
  • água q.b.
  • ovo batido p/ pincelar

Confeção:

Para preparar a massa lêveda, coloque 400 g de farinha em monte num recipiente largo, faça-lhe um buraco ao centro e deite nele o sal e o fermento de padeiro (dissolvido num pouco de água morna).

Amasse e deixe levedar cerca de 15 minutos, até a massa apresentar um aspeto rendilhado no interior.

Faça um buraco na massa e deite dele  a restante farinha, a canela, a erva-doce, o bicarbonato de sódio, o açúcar e a raspa dos limões..

Amasse novamente e, aos poucos, regue o preparado com o azeite e a manteiga a ferver, desfazendo os torrões que se formam.

Junte o sumo dos limões e amasse muito bem, acrescentando, aos poucos, a água necessária para obter uma massa boa para tender (deve ter uma consistência ligeiramente mais dura que a massa do pão).

Unte a superfície da massa com azeite, cubra com película aderente e deixe levedar durante 3 horas, num local tépido. Tradicionalmente é feita uma cruz na massa antes de a pôr a levedar e, quando a cruz desaparecer, é sinal que a massa está lêveda.

Antes de tender a massa, unte e polvilhe os tabuleiros do forno com farinha. Reserve.

Polvilhe a bancada da cozinha com farinha e tenda os bolos com a sua forma típica, a lembrar um oito. Para tal, siga os passos descritos abaixo:

  1. Retire uma boa porção de massa e forme um rolo grosso, de onde vai retirando pedaços com cerca de 200 g.
  2. Role cada um deles sobre a bancada até formar um cilindro, cujas pontas se achatam com a palma da mão.
  3. Com ambas as mãos, aperte o rolo ao meio, formando duas «cabeças».
  4. Dobre a massa, sobrepondo as «cabeças», e aperte novamente com as mãos, dando origem a quatro «cabeças» ou uma cruz.
  5. Sobreponha duas das «cabeças», calcando com os dedos para unir a parte superior e inferior.

Coloque os bolos nos tabuleiros polvilhados de farinha, pincele com ovo batido e leve a cozer, em forno bem quente (± 250º C), cerca de 10-15 minutos.

NOTA:

Para deixar os bolos mais saborosos, junte uma proporção superior de erva-doce e canela (1 colher de sopa rasa de cada).

Fontes:  http://www.memoriamedia.net/index.php/bolos-de-cabeca; https://www.youtube.com/watch?v=UhNrfp0OhNU e http://club.nersant.pt/empresas/detalhes.aspx?id=375 (fotos)

Creme Caseiro (Guarda)

Este creme caseiro é um doce tradicional da região da Guarda, em Portugal. A receita é muito simples de preparar e o resultado é uma sobremesa cremosa e delicada, com uma leve camada de açúcar queimado à superfície.

Ingredientes:

  • 1 chávena (chá) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 4 ovos
  • 500 ml de leite
  • 5 a 6 gotas de suco de limão

Confeção:

Bata as gemas com o açúcar até obter uma massa muito fofa e esbranquiçada.

Adicione a farinha, previamente peneirada, e continue a bater o preparado até ficar bem misturado. Junte as gotas de limão.

Leve o leite a levantar fervura, adicionando-o depois ao preparado anterior (a mistura começa logo a talhar e a fazer farrapinhos). Deixe ferver durante uns minutos, mexendo sempre, e retire do lume.

Junte de imediato as claras batidas em castelo.

Depois de frio, deite o doce numa travessa, polvilhe a superfície com açúcar e queime com um ferro em brasa ou muito quente.

Bolo de Azeite e Nozes com Doce de Ovos

Este bolo, com ingredientes típicos da cozinha portuguesa, como o azeite, as nozes, os ovos e o vinho do Porto, fica muito doce e saboroso.

Trata-se de uma receita é versátil, podendo o bolo ser servido à sobremesa ou ao lanche. No entanto, como tem uma massa farta, basta uma fatia para que fiquemos bem. Os mais gulosos é que terão dificuldade em resistir…

Ingredientes:

Para o bolo
  • 1 colher (café) fermento em pó
  • 100 ml de vinho do Porto
  • 150 g de nozes moídas
  • 150 ml de azeite
  • 300 g de açúcar
  • 300 g de farinha
  • 7 ovos
  • raspa e suco de ½ limão
  • metades de noz p/ decorar
Para o doce de ovos
  • 250 g de açúcar
  • 250 ml de água
  • 8 gemas

Confeção:

Ligue o forno a 180º C.

Separe as gemas das claras e bata as últimas em castelo. Reserve.

Junte o açúcar às gemas, adicione o azeite e bata bem.

Acrescente o limão (raspa e suco), a canela e o vinho do Porto, envolvendo bem.

Adicione a farinha, o fermento e as nozes e bata novamente.

Envolva delicadamente as claras no preparado e deite numa forma, untada e polvilhada com farinha.

Leve ao forno cerca de 40 minutos.

Entretanto, prepare o doce de ovos.

Leve ao lume água com o açúcar e deixe ferver até atingir o ponto de pérola (mergulhando uma colher na calda, corre um fio, formando uma bola na extremidade, como se fosse uma pérola).

Retire do calor e deixe amornar.

Bata as gemas e misture-as na calda, sem parar de mexer.

Coloque em lume brando, mexendo sem parar até engrossar um pouco.

Depois de cozido, desenforme e deixe arrefecer o bolo. Regue-o com o doce de ovos e decore com metades de nozes.

Azevias de Grão (Alentejo)

As azevias, tal como as filhós, são dos doces de Natal que têm uma presença mais marcante à mesa das famílias portuguesas. De todas, as azevias de grão são das mais apreciadas.

Esta receita regional, além do grão, inclui ingredientes como a amêndoa, que tornam o recheio ainda mais apetitoso.

Ingredientes:

  • 1 chávena de água
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • 1 pitada de sal
  • 125 g de miolo de amêndoa
  • 2 tigelas de grão
  • 4 cascas de limão
  • 600 g de açúcar amarelo
  • 750 g de massa tenra
  • açúcar e canela p/ polvilhar

Confeção:

Esfregue os grãos demolhados para soltar as peles e leve-os a cozer em água temperada com sal até ficarem macios. Escorra e reduza-os a puré.

Prepare uma calda com o açúcar, a água e as cascas de limão e ferver aproximadamente 10 minutos, sendo que a calda deve ficar espessa).

Junte o polme de grão, o miolo de amêndoa e a canela.

Deixe apurar, mexendo sempre até fazer estrada (ao passar a colher, faz-se uma abertura, como se fosse uma estrada) e junte o suco de limão. Reserve.

Entretanto, estenda a massa tenra com um rolo e corte-a em rodelas.

Recheie com o doce já frio, feche os pastéis e espalme as beiras.

Frite as azevias em bastante azeite, até ficarem douradas dos dois lados. Polvilhe com açúcar e canela.

Bolo de Frutos

Este bolo, com uma massa sumptuosamente recheada com frutos secos e cristalizados, é ótimo para ter à mesa no Natal ou até para servir uma fatia aos amigos no dia de Todos os Santos. O chocolate torna a massa ainda mais rica e saborosa.

Decore o bolo para lhe dar um ar marcadamente festivo, ideal para compor uma mesa de festa.

Ingredientes:

  • ½ chávena de casca de laranja cristalizada
  • ½ chávena de cerejas cristalizadas
  • ½ chávena de cidrão
  • ½ chávena de miolo de amêndoa
  • ½ chávena de miolo de noz
  • 1 chávena de ananás cristalizado
  • 125 g de açúcar
  • 150 g de manteiga
  • 2 chávenas de farinha
  • 2 chávenas de passas sem grainhas
  • 2 colheres (sopa) de chocolate em pó
  • 3 ovos
  • suco de ½ limão
  • suco de 1 laranja
  • açúcar em pó (opcional)

Confeção:

Corte a fruta em pedaços muito pequenos, à exceção dos frutos secos.

Misture as passas, as cerejas, o cidrão, o ananás e a casca de laranja. Acrescente as amêndoas e as nozes cortadas em falhas. Polvilhe com ½ chávena de farinha, misture bem e reserve.

Entretanto, bata as claras em castelo e, aos poucos, junte metade do açúcar. Bata até obter um suspiro espesso e reserve.

Bata as gemas com o restante açúcar e a manteiga.

Junte 1 chávena de farinha, misturada com o chocolate e os sucos dos citrinos.

Acrescente os fru­tos que reservou e misture.

Incorpore delicadamente o suspiro e deite numa forma previamente untada e forrada.

Leve ao forno, pré-aquecido, até o bolo ficar firme.

Para decorar, poderá envolver o bolo em papel de embrulho, para dar a forma de presente e, se desejar, polvilhe com açúcar em pó.