Tag Archives: receitas caseiras

Queques com Passas

Estes queques com passas são fáceis de preparar e rendem muito. Poderá fazer esta receita caseira para o lanche dos seus filhos ou para ter em casa, prontos para receber uma visita inesperada (são ótimos para dar às crianças no Halloween e no “pão por Deus” do dia de Todos os Santos).

Comê-los ainda mornos, nos dias mais frios, a acompanhar uma chávena de chá, é uma verdadeira maravilha!

Ingredientes:

  • 5 ovos (gemas e claras em separado)
  • açúcar (peso igual ao dos ovos)
  • farinha com fermento (peso igual ao dos ovos)
  • manteiga (peso igual ao dos ovos)
  • passas q.b.

Confeção:

Bata as claras em castelo firme e reserve.

Bata a manteiga com o açúcar até ficar em creme.

Junte as gemas, uma a uma, sem parar de bater.

Acrescente a farinha e, por último, as claras em castelo, envolvendo-as sem bater.

Distribua a massa por formas de queques, untadas e enfarinhadas, com 3 passas em cada uma delas.

Ponha as formas num tabuleiro e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 15 minutos e/ou até os queques terem crescido e estarem firmes ao toque.

Retire-os do forno quando estiverem prontos, desenforme-os e ponha a arrefecer sobre uma grelha.

Disponha os queques num prato ou travessa ou, se desejar, sirva-os em formas de papel frisado.

Bolo de Canela

O bolo de canela é muito simples de preparar e é ótimo para saborear ao lanche ou para acompanhar com café. Feito com ingredientes tradicionais da cozinha portuguesa, com um aroma e sabor envolventes, este bolo é daqueles que devem ficar registados no nosso livro de receitas caseiras

Queques Caseiros

Os queques (ou muffins, como são conhecidos no Brasil) são bolos muito práticos e fáceis de fazer, além de serem ótimos para o lanche dos mais pequenos. Com a receita caseira, terá queques sempre fresquinhos, económicos e muito saborosos. Afinal, as receitas feitas em casa têm outro sabor, não acha?…

Ingredientes:

  • 100 g de manteiga
  • 1 chávena de leite
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 250 g de açúcar
  • 250 g de farinha
  • 4 ovos

Confeção:

Pré-aqueça o forno a 200º C.

Junte o açúcar com os ovos e mexa bem até obter uma massa fofa e esbranquiçada.

Junte a manteiga derretida, o leite e, depois de bater bem, a farinha peneirada com o fermento.

Coloque formas de papel frisado nas formas metálicas e encha-as com a massa até mais de metade da sua capacidade. Também poderá usar tabuleiros próprios para este tipo de bolos e, se desejar, poderá fazer os queques sem o tradicional papel frisado; nesse caso, unte e polvilhe as formas metálicas.

Leve os queques ao forno durante 20 minutos.

Biscoitos de Laranja com Amêndoa

O sabor e aroma da laranja são a nota predominante nestes biscoitos. As amêndoas dão textura à massa e embelezam a superfície destes deliciosos bolinhos, apelando aos nossos sentidos. Uma receita simples que merece ser registada no nosso livro de receitas caseiras!

Bolo do Caco (Madeira)

O bolo do caco é um pão de trigo típico do arquipélago da Madeira. Embora não se tratando propriamente de um doce, esta é uma das receitas tradicionais portuguesas que merece destaque neste espaço.

Pode ser consumido como entrada, acompanhamento ou mesmo como iguaria principal. Normalmente, é barrado com manteiga de alho a derreter, doces ou compotas, podendo também ser a base de uma sandes.

Ingredientes:

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1 pitada de sal
  • 150 ml de água + q.b. p/ cozer as batatas-doces
  • 25 g de fermento de padeiro
  • 750 g de batata-doce

Confeção:

Descasque as batatas, leve-as a cozer em água e reduza-as a puré.

Desfaça o fermento na água e acrescente o sal.

Coloque a farinha numa superfície limpa, abra um buraco no meio e deite nele a batata-doce e o fermento. Deixe a massa fermentar durante 2 a 3 horas.

Quando a massa de pão estiver lêveda, divida-a em bolas e achate-as (numa superfície polvilhada com farinha) de modo a formar uma bolacha com a espessura de 3 cm e aproximadamente um palmo de diâmetro.

Coloque as bolachas no caco (frigideira de pedra mole) ou numa chapa bem quente e deixe cozer até ganhar uma crosta fina, mas ligeiramente queimada. Vire-as e deixe cozer igualmente do outro lado. Depois, rode os bolos do caco, já cozidos, de modo a alourar também os bordos.