Tag Archives: Pombal

Doce de Abóbora-menina (Pombal)

O doce de abóbora é uma receita tradicional muito popular em Portugal. Neste artigo, apresentamos-lhe a receita típica do Louriçal, no concelho de Pombal. No entanto, a confeção do doce pouco difere de região para região, sendo a abóbora e o açúcar os ingredientes básicos; a canela poderá ser adicionada ou não, mas é incluída nesta versão.

Veja como é fácil de fazer este doce que é verdadeiramente maravilhoso!

Ingredientes:

  • 1 kg de abóbora-menina
  • 1 kg de açúcar
  • 1 pau de canela

Confeção:

De véspera, limpe a abóbora, corte-a em pedaços e coloque num tacho com o açúcar.

No dia seguinte, coloque o tacho ao lume, com o pau de canela.

Deixe ferver durante 2 horas, mexendo sempre com a colher de pau.

Deve o doce apurar e ficar espesso. Reserve em potes hermeticamente fechados depois de bem frio.

Broas de Mel (Pombal)

Tradicionalmente associadas a ocasiões festivas como o Natal e a festa de Todos os Santos, as broas de mel são um dos ícones da doçaria tradicional portuguesa, havendo diversas variantes regionais destes bolinhos deliciosos. Hoje trazemos-lhe a receita típica de Pombal, originária de Rendinha – uma freguesia daquele concelho, no distrito de Leiria.

Feitas somente com farinha de milho, mel e azeite, estas broas, muito simples de confecionar, são ótimas para guardar em potes na cozinha, estando prontas para receber calorosamente uma visita inesperada.

Ingredientes:

  • 250 ml de azeite
  • 300 ml de mel + q.b. p/ barrar as broas (opcional)
  • farinha de milho q.b.
  • açúcar p/ polvilhar (opcional)

Confeção:

Junte o azeite, o mel e a farinha necessária para tender.  Amasse até obter uma massa elástica e homogénea.

Molde os bolinhos em forma de pequenos pães e dê-lhes alguns golpes na sua parte superior.

Disponha as broas em tabuleiros untados e untados e polvilhados, levando depois a cozer em forno quente.

Quando retirar do forno, polvilhe as broas com açúcar ou barre-as com mel.

Sonhos de Canela (Pombal)

Os sonhos são doces que nos lembram o Natal e o prazer de saborear um frito saboroso num dia de frio. Mas estes doces sabem bem em qualquer altura do ano e trazem-nos muitas vezes à memória deliciosas recordações de infância.

Esta receita, típica da região do Pombal, concilia o delicioso sabor dos sonhos com o tradicional sabor da canela, que está na base da calda com a qual são regados e também no polvilho que levam no final.

Ingredientes:

Para a massa
  • 100 g de manteiga
  • 200 ml de água
  • 250 g de farinha
  • 4 ovos
  • sal q.b.
Para a calda
  • 1 casca de limão
  • 1 pau de canela
  • 100 ml de água
  • 250 g de açúcar
Para o polvilho
  • canela q.b.

Confeção:

Para preparar a massa, leve ao lume, a levantar fervura, a água com a manteiga e o sal.

Incorpore a farinha de uma só vez e mexa rapidamente até desapegar do tacho. Retire então do lume e bata bem até a massa ficar totalmente fria.

Adicione os ovos, um de cada vez, e bata bem durante 1 hora.

Deixe a massa descansar cerca de 15 minutos.

Deite bastante óleo num tacho e leve ao lume. Quando estiver bem quente, diminua a temperatura.

Faça bolas de massa, com a ajuda de 2 colheres de chá, e frite-as lentamente, para crescerem bem.

Estando os sonhos fritos, deixe-os escorrer a gordura em excesso e, entretanto, prepare a calda.

Leve ao lume o açúcar, a água, o pau de canela e a casca de limão, deixando ferver até atingir o ponto de pérola (a calda é espessa e corre em fio, ficando uma gota suspensa na extremidade, como se fosse uma pérola).

Disponha os sonhos num prato fundo e banhe-os com a calda e a canela.

Biscoitos de Azeite (Pombal)

Os biscoitos de azeite são bolos muito populares da doçaria tradicional portuguesa, havendo diversas variações da receita, de norte a sul do país. No concelho de Pombal estes biscoitos são uma referência da gastronomia regional, sendo a receita preparada com canela, azeite, ovos e farinha.

Pastéis do Louriçal (Pombal)

Estes pastéis, à base de amêndoa, ovos e açúcar, são uma referência gastronómica do Louriçal, no concelho de Pombal. Veja a receita destas maravilhas da doçaria portuguesa que tem as suas raízes na doçaria conventual…

Ingredientes:

  • 1 clara
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 250 g de açúcar + q.b. p/ a cobertura
  • 5 gemas
  • 60 g de miolo de amêndoa ralada
  • água q.b.

Confeção:

Leve ao lume o açúcar com um pouco de água e prepare uma calda em ponto de pérola fraco (a calda é espessa e corre em fio, ficando uma gota suspensa na extremidade, como se fosse uma pérola).

Junte a amêndoa ralada e deixe ferver mais um pouco.

Fora do lume, adicione a farinha, já com os ovos, muito bem batidos. Mexa bem para ligar os ingredientes.

Deite o preparado em formas de queques untadas.

Leve a cozer em forno pré-aquecido a 180º C.

Depois de cozidos, desenforme os pastéis e passe-os por açúcar, colocando-os depois em forminhas de papel frisado.

Foto: http://www.acasadaisabel.com/