Tag Archives: pão de ló

Sopa Dourada (Entre Douro e Minho)

A sopa dourada é uma receita típica de Portugal, sendo uma sobremesa indispensável na mesa de Natal no norte do país.

Conheça a forma de confecionar este doce de origem conventual na região Entre Douro e Minho, em que a receita é aromatizada com água de flor de laranjeira e inclui frutas cristalizadas na decoração.

Ingredientes:

  • ½ kg de açúcar
  • 24 gemas
  • 250 g de amêndoas
  • 300 g de fatias de pão de ló
  • água de flores de laranjeira q.b.
  • frutas cristalizadas (picadas finamente) p/ decorar

Confeção:

Leve o açúcar ao lume, deixando ferver cerca de 2 minutos, até o pôr em meio ponto de espadana. Vá deitando algumas gotas de água de flor de laranjeira.

Quando o açúcar atingir o ponto, retire a calda do lume e regue com ela as fatias de pão de ló, que porá depois a escorrer numa grelha.

Leve novamente o açúcar ao lume para atingir o ponto de espadana (a calda cai da colher em lâmina).

Deite a amêndoa na calda, pise bem e deixe ferver mais um pouco.

Retire do lume para arrefecer ligeiramente.

Entretanto, bata bem as gemas. Aos poucos, vá deitando a calda sobre elas, mexendo sempre para que não coalhe.

Deixe engrossar até fazer rugas e deite sobre as fatias, cobrindo-as bem.

Decore com frutas cristalizadas.

Barriga de Freira do Vaticano (Monção)

Esta sobremesa é uma variante regional da tradicional Sopa Dourada, também designada localmente Doce de Chavo. Tem origem na doçaria conventual, sendo um doce regional típico da região de Monção, situada no norte de Portugal.

No essencial, destaca-se da receita tradicional de barriga de freira por ser feita à base de pão de ló e não do miolo de pão simples. Além disso, são usadas cerejas cristalizadas na decoração, ingrediente que não aparece nas restantes variantes do doce.

Ingredientes:

Para o doce
  • 125 g de amêndoas
  • 20 ml de água
  • 250 g de pão de ló
  • 500 g de açúcar
  • 9 gemas + 1 ovo inteiro
Para a decoração
  • canela p/ polvilhar
  • cerejas cristalizadas q.b.

Confeção:

Leve o açúcar ao lume com a água, até obter ponto de pasta.

Corte o pão de ló em fatias, disponha-as numa travessa e regue com metade do açú­car em ponto. Reserve.

Pele as amêndoas e passe-as pela trituradora, juntando-as depois à restante calda de açúcar. Adicione as gemas e o ovo, bem batidos. Misture tudo muito bem e leve a lume brando, mexendo sempre até engrossar.

Retire do calor e deite sobre as fatias de pão de ló, de forma a cobrir tudo. Polvilhe o doce com canela e enfeite com cerejas cristalizadas.

Semifrio de Kiwi

Mais uma sobremesa deliciosa, bonita e simples. Este semifrio é uma receita excelente para fazer nos dias quentes de verão, sendo uma sobremesa fresca e com uma apresentação muito bonita em que os kiwis e o chantilly fazem toda a diferença. A gelatina dá consistência ao doce. Um semifrio que nos deixa de água na boca só de olhar…

Bolo Alaska no Forno

Há diversas formas e ingredientes que podem ser incluídos no bolo Alasca. A ideia básica do bolo, qualquer que seja a forma de apresentação, é ser feito camadas: uma de bolo, normalmente um pão de ló, é colocado gelado que, por sua vez, é coberto com merengue. No final, é usado licor (ou outra bebida alcoólica forte) para flambar esta maravilhosa sobremesa.

Ingredientes:

Para a base
Para o preparado gelado
  • 400 g de frutos vermelhos
  • 8 bolas de gelado (baunilha, cereja ou pistácio)
Para o merengue
  • 50 g de açúcar em pó
  • 6 claras
Para a cobertura
  • licor q.b.

Confeção:

Ligue o forno a 200º C.

Corte o pão de ló em fatias de 1 cm e regue-as com licor.

Ponha as bolas de gelado, bem frias, no centro de uma travessa, juntando depois a fruta.

Disponha as fatias de pão-de-ló por cima do gelado, tendo o cuidado de o deixar totalmente tapado. Ponha no congelador.

Entretanto, bata as claras em castelo, adicionando 25 g de açúcar em pó; deverá batê-las até que o merengue arme pontas firmes.

Tire a travessa e espalhe o merengue sobre o bolo, polvilhando-o com o restante açúcar.

Leve ao forno até que as pontas do merengue fiquem douradas (aprox. 3 a 4 minutos).

Retire do forno, salpique com o licor e deite-lhe fogo.

Pão de Ló Molhado (Ovar)

Este pão de ló, com a sua massa molhada, é uma variante da receita tradicional do pão de ló pão de ló de Ovar, registando-se uma menor quantidade de gemas empregues na sua confeção.

Veja a receita, gentilmente enviada pela nossa seguidora Maria Fernanda Simões. Nós preparámos a receita, fazendo a adaptação para a Bimby – a massa, antes de ir ao forno, fica muito suave e cremosa. Vale a pena experimentar!

Ingredientes:

  • 1 pitada de sal fino
  • 150 g de farinha de trigo bem peneirada
  • 250 g de açúcar
  • 5 ovos inteiros + 10 gemas

Confeção:

Coloque as gemas, os ovos, o açúcar e o sal numa taça e bata, com a batedeira na velocidade máxima, durante 15 minutos. Ao fim desse tempo, reduza a velocidade para o mínimo e junte a farinha por duas vezes.

Forre uma forma redonda de 24 cm com papel cavalinho (ou vegetal) e deite nela a massa.

Leve ao forno a cozer durante 20 minutos (175º C). Passado esse tempo, abane a forma e a massa deverá mover-se também (sinal que o pão de ló está com creme).

Preparação na Bimby:

Coloque a borboleta no copo e deite nele as gemas, os ovos, o açúcar e o sal. Bata durante 15 minutos, velocidade 4. Ao fim desse tempo, reduza a velocidade para 1,5 e junte a farinha, aos poucos.

Forre uma forma redonda de 24 cm com papel cavalinho (ou vegetal) e deite nela a massa.

Leve ao forno a cozer durante 20 minutos (175º C). Passado esse tempo, abane a forma e a massa deverá mover-se também (sinal que o pão de ló está com creme).

Nota:
  • Ao abanar a forma após a cozedura, se a massa não baloiçar é porque está cozida demais e o pão de ló estará seco.
Sugestão:

Aproveite as claras que sobraram da preparação desta receita para fazer um delicioso Pudim de Claras com Nozes (receita AQUI).