Tag Archives: missangas

Mexidos de Amêndoa

Esta é mais uma receita tradicional de Natal do riquíssimo património da cozinha portuguesa. Existem diferentes receitas deste doce, que é muito popular por todo o país, mas tem especial relevância na região do norte.

Ingredientes:

  • 1 cálice de Vinho do Porto
  • 1 limão
  • 1 litro de leite
  • 100 g de manteiga
  • 180 g de miolo de amêndoa
  • 200 g de pão
  • 250 g de açúcar
  • 6 gemas
  • missangas coloridas p/ decorar (opcional)

Confeção:

Corte o pão em fatias finas para dentro de uma tigela grande.

Regue o pão com o leite a ferver e misture. Cubra com uma tampa e um pano, deixando repousar até arrefecer.

Passe o preparado por uma peneira e adicione o açúcar e o vinho do Porto.

Junte e misture a amêndoa pelada e grosseiramente picada, a manteiga amolecida e as gemas.

Cozinhe sobre lume brando, mexendo sempre, durante 10 minutos.

Aromatize com a raspa do limão, misture e deite numa travessa.

Se desejar, decore os mexidos com missangas. Deixe arrefecer e sirva.

SUGESTÃO:

Os Ésses de Peniche (receita AQUI) são uma excelente forma de usar as claras que sobraram da preparação dos mexidos.

Bolo Flocos de Neve

Este é um bolo fino, tradicionalmente feito na quadra festiva do Natal e ano novo. No entanto, pode ser servido em qualquer ocasião, quando se pretende servir um doce com um toque de requinte.

A decoração do bolo é atrativa e a textura muito cremosa, destacando-se nesta receita o sabor intenso do chocolate e do creme fraiche, que se harmonizam com os restantes ingredientes criando um doce único, verdadeiramente irresistível.

Ingredientes:

  • 1 pitada de sal
  • 1,5 colher (chá) rasa de fermento em pó
  • 100 g de farinha de trigo
  • 2 colheres (chá) de canela em pó
  • 2 pacotes de açúcar baunilhado
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de ameixas secas
  • 3 ovos médios
  • 300 g de creme fraiche
  • 5 folhas de gelatina branca
  • 50 g de chocolate preto
  • 650 a 700 g de natas
  • 60 g de suspiro
  • 75 ml de vinho do Porto
  • açúcar em pó p/ polvilhar
  • missangas p/ a decoração

Confeção:

Forre o fundo de uma forma (26 cm de diâmetro) com papel manteiga e reserve.

Misture as ameixas com o vinho do Porto, cubra e deixe repousar 2 horas.

Entretanto, bata as claras com 3 colheres (sopa) de água fria e o sal e vá adicionando, pouco a pouco, 100 gramas de açúcar.

Junte as gemas, uma a uma, às claras batidas.

Peneire a farinha, com o fermento e a canela sobre a massa de ovos e envolva tudo cuidadosamente.

Deite a massa na forma e leve a cozer em forno pré-aquecido a 200° C cerca de 15 minutos.

Retire o bolo do forno, deixe arrefecer e corte-o ao meio.

Reduza as ameixas a puré e espalhe-o na base de bolo, alisando no final. Coloque a outra metade do bolo por cima do recheio.

Ponha a gelatina a amolecer em água fria e pique grosseiramente a cobertura de chocolate.

Misture levemente o creme fraiche com 100 gramas de açúcar e o açúcar baunilhado.

Retire a gelatina da água e esprema-a, dissolvendo depois em lume baixo.

Misture 2 colheres (sopa) de creme fraiche com a gelatina e, em seguida, envolva a mistura de gelatina com o restante creme fraiche.

Leve ao frio cerca de 8 minutos, até que comece a solidificar.

Bata 500 gramas de natas em castelo e envolva-as com a cobertura de chocolate picado e o creme fraiche e leve ao frigorífico cerca de 25 minutos para espessar.

Coloque o creme sobre o bolo em forma de cúpula e leve novamente ao frio, cerca de 3 horas.

Bata 150 a 200 gramas de natas e barre com elas toda a superfície do bolo.

Esmague o suspiro e polvilhe a cúpula, pressionando levemente.

Decore com o açúcar em pó e as missangas.

Ninho da Páscoa de Toblerone

Deixamos-lhe a receita para fazer um bolo de Páscoa apelativo e particularmente apetecível, da autoria de Paula Moita, cuja receita não resistimos a partilhar.

Além da apresentação soberba que têm os ninhos de Páscoa, este bolo leva chocolate Toblerone na massa e na cobertura, que o tornam numa receita a considerar para a preparação da sua festa familiar.

Ingredientes:

Para o bolo
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 100 g de chocolate Toblerone
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de farinha
  • 6 ovos
Para a cobertura
  • 100 ml de natas
  • 40 g de chocolate para culinária
  • 80 g de chocolate Toblerone
Para a decoração
  • amêndoas de Páscoa a gosto
  • ovinhos de Páscoa q.b.
  • missangas multicores q.b.

Confeção:

Bata os ovos com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado.

Adicione a essência de baunilha e o chocolate cortado em pedaços pequenos.

Envolva a farinha, peneirada com o fermento.

Coloque o preparado numa forma de chaminé, untada e polvilhada com farinha, e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, cerca de 35 minutos.

Retire o bolo do forno, deixe arrefecer e desenforme.

Entretanto, prepare a cobertura. Parta o chocolate em pedaços e leve ao lume, juntamente com as natas. Mexa continuamente até o chocolate derreter.

Retire do calor e deite sobre o creme o bolo, espalhando com a ajuda de uma espátula.

Polvilhe com missangas coloridas e coloque amêndoas (tipo francês e/ou de chocolate) e ovinhos de chocolate no centro e à volta do bolo.

Fonte: http://partilhandosaboresereceitas.blogspot.pt

Broas de Espécie

As broas de espécie são um dos doces tradicionais de Natal, muito semelhantes às broas castelares. A grande diferença está na preparação da massa – enquanto as broas castelares levam farinha, as broas de espécie não levam. Esta ausência da farinha na massa torna as broas de espécie mais macias, embora o sabor entre ambas seja muito semelhante.

Broas Finas

As broas finas são tradicionalmente servidas na ceia de Natal, mas são bolos que se podem fazer em qualquer ocasião. Ingredientes como o coco e a amêndoa tornam estas broas irresistivelmente inigualáveis em termos de sabor e textura.

Ingredientes:

  • 100 g de coco ralado
  • 150 g de miolo de amêndoa pelado
  • 4 gemas grandes
  • 500 g de batata-doce cozida
  • 700 g de açúcar
  • leite q.b.
  • missangas coloridas p/ decorar

Confeção:

Comece por cozer e reduzir a batata-doce a puré.

Misture o açúcar com um pouco de água e leve a ferver. Quando atingir o ponto de espadana (a calda corre com o aspeto de lâmina), junte a batata-doce, o coco ralado e a amêndoa triturada.

Coza em lume brando, mexendo sempre até fazer estrada (ao passar a colher, vê-se o fundo do tacho).

Depois de frio, junte 3 gemas. Deixe repousar durante umas horas ou, de preferência, de um dia para o outro.

Com as mãos enfarinhadas, molde pequenas broas.

Pincele a parte superior com a gema restante, batida com um pouco de leite.

Polvilhe as broas com as missangas e leve ao forno, num tabuleiro previamente untado, aproximadamente 20 minutos, até as broas ficarem douradas.

SUGESTÃO:

Aproveite as claras para preparar a deliciosa Encharcada do Convento de Sta. Clara de Évora (receita AQUI).