Tag Archives: mesa de natal

Broas de Azeite (Abrantes)

Abrantes é uma cidade ribatejana, pertencente ao distrito de Santarém, uma região com uma riqueza gastronómica muito própria e diversificada. Além destas deliciosas Broas de Azeite, muito comuns à mesa no Natal, são famosas as Broas de Rio de Moinhos (muito parecidas com estas), as Tigeladas ou os Fios de Ovos (também conhecidos como Palha de Abrantes).

O único senão destas broas é ser difícil comer só uma, pois são uma verdadeira delícia!

Ingredientes:

(para cerca de 40 broas)
  • 1 pitada de sal
  • 1,5 colheres (chá) de canela
  • 25 g de erva-doce
  • 250 ml de azeite
  • 325 g de açúcar amarelo
  • 50 g de miolo de nozes
  • 500 g de farinha
  • 500 ml de água
  • açúcar p/ polvilhar

Confeção:

Ligue o forno a 250º C.

Pique as nozes em pedaços bem pequenos e reserve.

Misture numa panela a água, o açúcar, o azeite, a canela, a erva-doce e o sal.

Leve ao lume até ferver, mexendo de quando em vez para envolver bem os ingredientes.

Quando o preparado estiver a ferver, retire do lume e junte a farinha e as nozes, envolvendo bem de forma a obter uma massa homogénea. Se necessário, retifique os temperos.

Coloque sobre lume moderado e deixe secar um pouco (cerca de 5 minutos), até que, ao mexer, a massa se solte das paredes da panela.

Deite a massa na bancada da cozinha e deixe arrefecer um pouco (somente o tempo necessário para que a consiga trabalhar com as mãos).

Enquanto a massa arrefece, polvilhe com farinha 2 tabuleiros de ir ao forno.

Unte as mãos com azeite e retire uma noz de massa (mais ou menos o equivalente a uma colher de sopa) e molde pequenas broas ovais, dispondo-as nos tabuleiros à medida que as tende.

Com uma faca, faça pequenos golpes em na superfície de cada broa e leve a cozer durante 15 minutos.

Quando saírem do forno, coloque as broas num prato e salpique-as com açúcar a gosto.

SUGESTÃO:

Leve um tabuleiro ao forno de cada vez e, enquanto as broas de um deles estão a cozer, vá tendendo as do segundo tabuleiro. Quando a primeira fornada estiver pronta, coloque o segundo tabuleiro – assim, será mais rápido e económico uma vez que não desperdiça o calor do forno.

Fonte da receita: http://areceitapartilhada.blogspot.pt/2014/01/broas-de-azeite-de-abrantes-miguel.html

Bolo de Marmelada e Nozes com Cobertura de Geleia

Um bolo delicioso, com marmelada e nozes, perfumado com Vinho do Porto. Já publicámos anteriormente um bolo idêntico em termos de ingredientes, Bolo de Marmelada com Nozes e Corintos, mas nesta receita não são adicionadas as passas de uva e é colocada uma cobertura de geleia de marmelo.

Uma excelente ideia para o dia de Todos os Santos e para compor a mesa de Natal.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 100 g de nozes picadas
  • 100 ml de Vinho do Porto
  • 150 g de açúcar
  • 200 g de farinha
  • 200 g de marmelada
  • 6 ovos
Para a cobertura

Preparação:

Ligue o forno a 180° C.

Bata muito bem o açúcar com os ovos, até obter um preparado esbranquiçado.

Junte a marmelada (em pedaços) e continue a bater até esta estar completamente desfeita e a mistura uniforme.

Acrescente o Vinho do Porto, seguido da farinha e fermento, peneirados. Misture bem para ligar todos os ingredientes.

Adicione as nozes picadas e envolva-as na massa.

Deite o preparado numa forma, untada e polvilhada com farinha, e leve ao forno cerca de 30 minutos.

Depois de cozido, pincele o bolo com geleia de marmelo, previamente derretida no microondas.

Deixe ficar mais 5 minutos no forno, mas com o lume desligado.

Desenforme o bolo depois de frio.

Barriga de Freira

Esta deliciosa sobremesa, como o próprio nome indica, faz parte da doçaria conventual. A receita foi criada por freiras dos conventos portugueses do século XVII, sendo um dos doces mais tradicionais de Portugal e uma presença quase obrigatória na mesa de Natal de muitas famílias.

Ingredientes:

Para o doce
  • 100 g de amêndoas ralada
  • 12 gemas
  • 200 ml de água (200 g se for pesada na Bimby)
  • 500 g de açúcar
  • 50 g de miolo de pão
Para a cobertura e decoração
  • canela em pó p/ polvilhar
  • amêndoa p/ decorar (opcional)

Confeção Tradicional:

Rale o miolo do pão e reserve. A amêndoa poderá ser ralada finamente (sem pele) na altura da confeção do doce ou comprada já moída.

Leve a água com o açúcar ao lume e deixe ferver cerca de 2 minutos até ficar em ponto de pérola (verifica-se o ponto deixando correr um pouco de calda de uma colher; esta corre em fio e fica com uma bola suspensa na ponta). Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.

Junte a amêndoa e o pão à calda e leve novamente a ferver em lume brando, mexendo sempre. Quando levantar fervura, mantenha mais um pouco no calor (cerca de 5 minutos).

Retire uma porção do preparado para uma taça e envolva nela as gemas, levemente batidas, mexendo rapidamente para que não cozam.

Junte o preparado das gemas à restante calda e leve novamente ao lume. Deixe ferver, mexendo sempre, até atingir ponto de estrada fraco (ao passar uma colher na calda, forma-se uma espécie de estrada que deixa ver o fundo do tacho).

Retire do lume e coloque num prato ou taças de servir. Sirva a barriga de freira fria, polvilhada com canela e decorada a gosto, com amêndoa.

Preparação na Bimby:

Coloque o pão no copo e rale durante 10 seg. / vel. 9. Retire e reserve.

Rale a amêndoa (sem pele) do mesmo modo que o pão e reserve.

Coloque a água e o açúcar no copo e aqueça 25 min. / Varoma / vel. 1.

Retire o copo da base e deixe a calda arrefecer, cerca de 15 minutos, até aos 60º C.

Junte a amêndoa e o pão à calda e programe 8 min. / Varoma / vel. 1.

Programe mais 15 min. / Varoma / vel. 1 e adicione as gemas, ligeiramente batidas, pelo bucal da tampa.

No fim do tempo, retire de imediato do copo e coloque num prato de servir ou distribua por taças individuais. num prato ou taças de servir.

Sirva a barriga de freira fria, polvilhada com canela e decorada a gosto, com amêndoa.

SUGESTÃO:

Prepare um Pudim Molotov para aproveitar as claras que não usou na Barriga de Freira.

Foto: http://www.teleculinaria.pt/

Tarte de Maçã com Canela Fruut

Na sequência da nossa parceria com a Fruut e das ofertas que recebemos (ler artigo Doces Regionais & Fruut: uma Parceria cheia de Sabor), decidimos adaptar uma receita tradicional incluindo os snaks de maçã crocante com canela. O resultado foi uma tarte de maçã deliciosamente envolvente, com uma textura exterior estaladiça e uma massa muito fofa e delicada.

O facto destes deliciosos snacks da Fruut terem canela fez com que o seu aroma e sabor ficassem impregnados na massa, combinando maravilhosamente com o vinho do Porto. A maçã, que passou pelo processo de desidratação natural feito pela Fruut, mantém a sua textura crocante no exterior e a parte imersa na massa fica quase caramelizada.

Uma receita a repetir, sem dúvida, e será uma presença garantida na mesa de Natal, pela combinação de sabores da maçã com a canela, além do açúcar em pó, que fica sempre bem nesta quadra festiva.

Ingredientes:

  • 1 ovo inteiro + 2 gemas
  • 1 pitada de sal
  • 10 ml de vinho do Porto ou brandy (10 g se fizer na Bimby)
  • 125 g de manteiga
  • 150 g de açúcar (usei açúcar amarelo)
  • 170 g de farinha
  • 2,5 colheres (chá) de fermento em pó
  • Fruut Maçã Crocante com Canela q.b.

Preparação no modo tradicional:

Misture bem o açúcar com o ovo e as gemas, previamente batidos.

Junte a manteiga e o vinho do Porto. Bata para ligar bem os ingredientes.

Acrescente a farinha, o fermento e o sal, misturando bem até obter uma massa homogénea.

Deite numa forma redonda de fundo amovível e disponha pedaços do Fruut Maçã Crocante com Canela maçã à superfície, deixando-os mais submersos na massa do que visíveis do exterior.

Leva ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 15 a 20 minutos. Pique com um palito no centro para verificar a cozedura; se sair limpo, a tarte está cozida.

Retire do forno, deixe arrefecer e desenforme a tarte. Polvilhe com açúcar em pó usando um passador.

Preparação na Bimby:

Coloque no copo o ovo, as gemas e o açúcar e programe 2 minutos, temperatura 37, velocidade 4.

Junte a manteiga, o vinho do Porto e misture 5 segundos, velocidade 4.

Acrescente a farinha, o fermento e o sal, programando 6 segundos, velocidade 6.

Deite numa forma redonda de fundo amovível e disponha, à superfície, pedaços do Fruut Maçã Crocante com Canela maçã – deixe-os mais submersos na massa do que visíveis do exterior.

Leva ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 15 a 20 minutos. Pique com um palito no centro para verificar a cozedura; se sair limpo, a tarte está cozida.

Retire do forno, deixe arrefecer e desenforme. Polvilhe a tarte com açúcar em pó.

Notas:
  • Na receita tradicional são indicados 30 minutos para a cozedura, mas nesta receita não é necessário tanto tempo, uma vez que os snacks de maçã e canela já passaram por um processo de desidratação natural e a massa coze rapidamente. Na confeção desta tarte programei os 30 minutos, mas vi não era necessário – acabou por ficar um pouco tostada, mas sem perder todo o seu sabor. 😉
Sugestão:

Aproveite as claras que sobraram para preparar outra maravilhosa receita: Tarte de Leite Condensado e Limão.

Doce Dourado de Borba

O Alentejo é riquíssimo em termos de património gastronómico, sendo uma das regiões de Portugal em que a doçaria conventual deixou um maior legado. O doce dourado é um dos doces conventuais que tem maior impacto na doçaria portuguesa, sendo a de Borba e a do Peso da Régua as mais afamadas.

Feito à base de amêndoa, pão, gemas e açúcar, o Doce Dourado é uma presença garantida à mesa na casa de muitas famílias portuguesas, durante as celebrações do Natal fim de ano.

Confeção:

  • 10 gemas
  • 100 g de miolo de amêndoa pelada e pisada
  • 250 g de água
  • 250 g de miolo de pão
  • 500 g de açúcar
  • canela p/polvilhar

Confeção:

Leve o açúcar com a água ao lume e, assim que atingir o ponto de pérola, junte o miolo de pão ralado.

Quando o pão estiver desfeito, adiciona-se a amêndoa pelada e moída.

Retire o preparado do lume, deixe arrefecer e misture as gemas, previamente batidas. Leve de novo ao lume para cozer.

Deite o doce numa travessa e polvilhe com canela.