Tag Archives: gema

Bolo de Marmelada com Canela

Este bolo é mais uma das opções de receitas de bolos de marmelada, que é tradicionalmente usada como acompanhamento à sobremesa, com uma fatia de pão ou bolachas. Feito com canela, marmelada, farinha, açúcar e ovos, é um bolo de confeção muito simples e deveras apetitoso.

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 125 g farinha
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de marmelada
  • 6 ovos (claras e gemas separadas)
  • açúcar e canela p/ polvilhar (opcional)

Confeção:

Ligue o forno a 180º C.

Unte bem uma forma e polvilhe-a com farinha. Reserve.

Bata as claras em castelo e reserve.

Bata o açúcar com as gemas e a marmelada.

Envolva delicadamente as claras batidas em castelo, a farinha e o fermento.

Finalmente, junte a canela, misturando-a bem na massa.

Deite o preparado na forma e leve a cozer durante 30 minutos.

Sirva o bolo simples ou polvilhado com açúcar e canela.

Bolo de Marmelada e Nozes com Doce de Ovos

A combinação das nozes com o doce de ovos é muito conhecida em receitas tradicionais da doçaria portuguesa, mas na massa deste bolo entra também a marmelada, tornando-o deveras saboroso. Como qualquer bolo coberto com doce de ovos, fica muito bonito e apelativo, dando-nos vontade de saborear uma fatia.

Ingredientes:

Para a massa do bolo
  • 100 g de marmelada
  • 100 g de nozes picadas
  • 200 g de farinha
  • 250 g de açúcar
  • 6 ovos (claras e gemas separadas)
  • sumo de 1 laranja
Para o doce de ovos
  • 150 g de açúcar
  • 150 ml de água
  • 6 gemas
Para a decoração (opcional)
  • miolo de noz q.b.

Confeção:

Bata as claras em castelo e reserve.

Num recipiente à parte, bata bem as gemas, o açúcar e a marmelada até obter um creme fofo.

Junte o sumo da laranja e envolva bem.

Acrescente a farinha, alternada com as claras em castelo, ligando-as bem, mas delicadamente na massa.

Por fim, acrescente as nozes picadas e envolva bem.

Deite o preparado numa forma untada e polvilhada com farinha e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 180º C, cerca de 30 minutos (até atingir o ponto de bolo)

Para o doce de ovos, leve ao lume a água com o açúcar, deixando apurar até fazer calda.

Deixe arrefecer um pouco e, entretanto, bata as gemas.

Aos poucos, vá envolvendo a calda nas gemas, mexendo bem.

Leve o doce de ovos ao lume, mexendo sempre até engrossar.

Depois de cozido, desenforme o bolo, deixe-o arrefecer e regue com o doce de ovos. Se desejar, decore a gosto com nozes.

SUGESTÃO:

Aproveite as 6 claras que sobraram do doce de ovos, preparando o Bolo de Castanhas de Sernancelhe (veja a receita AQUI).

Bolo de Marmelada com Nozes e Corintos

A massa deste bolo é leve, mas muito rica, pela conjugação de ingredientes que compõem a receita. Feito à base de marmelada, o bolo leva nozes e corintos (mergulhados em Vinho do Porto para amolecerem e receberem o sabor da bebida), ficando simplesmente delicioso.

Sabe particularmente bem no outono e inverno, quando nos apetecem bolos mais intensos, em que entram, normalmente os frutos secos. Além disso, é uma boa forma de usar a marmelada, feita habitualmente nesta época do ano para aproveitar a estação dos marmelos. Sabe muito bem uma fatia deste bolo ao lanche ou a acompanhar  uma chávena de chá/café, sendo perfeito para servir nas festas que vão dos Santos até ao Natal.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 cálice de Vinho do Porto
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó
  • 100 g de nozes picadas
  • 200 g de farinha
  • 30 g de corintos
  • 4 ovos (claras e gemas separadas)
  • 500 g de marmelada 
  • 80 g de açúcar amarelo
Para a cobertura (opcional)
  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • açúcar q.b.

Confeção:

Ligue o forno a 180° C.

Ponha os corintos a macerar no Vinho do Porto. Reserve.

Bata as gemas com o açúcar e a canela.

Junte a marmelada (em pedaços) e continue a bater até esta estar completamente desfeita e a mistura uniforme e fofa.

Coe os corintos e acrescente o Vinho do Porto onde os demolhou ao preparado anterior. Envolva bem.

Adicione a farinha, os corintos e as nozes e misture-os na massa. Reserve.

Bata as claras em castelo bem firme e junte-as à massa, a pouco e pouco, mexendo suavemente.

Deite numa forma, untada e polvilhada, e leve no forno cerca de 30 minutos.

Desenforme o bolo, deixe arrefecer e polvilhe com açúcar em pó e canela.

Bolo de Dióspiro com Nozes

Os dióspiros são dos frutos mais marcantes do outono, podendo ser saboreados ao natural, em sumos, compotas ou como base para bolos. Nesta receita, além do dióspiro, a massa leva canela, nozes e citrinos, tornando-o num bolo rico, saboroso e denso (sem se tornar pesado).

Mesmo quem não aprecia o sabor e/ou textura do dióspiro ao natural, tende a gostar deste bolo húmido, que vai buscar a doçura ao fruto e ao açúcar adicionado na receita.

Ingredientes:

  • 1 chávena | xícara de nozes picadas
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 ovo (gema e clara separadas)
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres (sopa) de manteiga derretida
  • 2 colheres(chá) de fermento em pó
  • 200 g de açúcar
  • 300 g farinha
  • 4 dióspiros maduros
  • raspa de ½ laranja
  • raspa de ½ limão
  • açúcar em pó e/ou nozes p/ decorar (opcional)

Confeção:

Retire a polpa dos dióspiros e reservar. Como eles devem estar bem madurinhos, pode cortar os dióspiros a meio e retirá-la ou fazê-lo com uma colher, conforme ilustrado na imagem.

Retirar a polpa do dióspiro

Bata a gema com o açúcar e a manteiga derretida, mas à temperatura ambiente.

Junte a canela, as raspas da laranja e do limão, o sal, a polpa dos dióspiros e mexa bem.

Acrescente a farinha, o fermento e as nozes.

Bata a clara em castelo e envolva-a no preparado anterior.

Deite a massa numa forma, untada e enfarinhada, e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, cerca de 50 minutos.

Deixe o bolo arrefecer um pouco, desenforme e decore a gosto – simples, com açúcar em pó e/ou nozes.

Sopa Dourada

A sopa dourada é um dos doces mais populares na mesa de Natal em Portugal, sendo indispensável na região norte do país. A receita varia consoante a localidade onde é confecionada – há regiões onde é feita com fatias de pão duro e outras em que é o pão de ló que serve de base à confeção do doce.

Esta receita leva uma quantidade considerável de gemas e de amêndoas, ingredientes indispensáveis  na doçaria conventual, que esteve na origem deste doce tradicional de Natal. Como é feita com pão, a sopa dourada que aqui lhe apresentamos é uma excelente forma de fazer aproveitamento de sobras que possa ter em casa.

Ingredientes:

  • ½ l de água
  • 1 kg de açúcar
  • 2 paus de canela
  • 24 gemas
  • 250 g de amêndoa ralada
  • 3 cascas de limão
  • 400 g de pão frito (em cubos)
  • canela em pó p/ polvilhar

Confeção:

Leve o açúcar ao lume com a água, os paus de canela e as cascas de limão. Deixe ferver até atingir o ponto de espadana (a calda cai da colher com o aspeto de lâmina de espada).

Retire do lume e junte a amêndoa ralada e as gemas batidas.

Leve o preparado ao lume, mexendo sempre, e junte o pão frito.

Deite a sopa dourada numa taça e polvilhe com canela.