Tag Archives: essencia

Panetone Light

Deixamos-lhe a receita para saborear o seu panetone com menos calorias, mas com todo o sabor.

Ingredientes:

  • ¼ chávena (chá) de água morna
  • ¼ chávena (chá) de leite magro
  • ¼ chávena (chá) de margarina light
  • ½ chávena (chá) de figos e damascos secos
  • ½ chávena (café) de castanhas
  • ½ colher (chá) de sal
  • ½ colher (sopa) de essência de panetone
  • 1 colher (sopa) de adoçante
  • ⅜ chávena (chá) de suco de laranja
  • 1 ou 2 ovos (dependendo do tamanho)
  • 15 g de fermento de padeiro
  • 400 g de farinha

Confeção:

Junte o fermento, os ovos, o suco de laranja, o leite, a água, a essência de panetone e o sal no liquidificador. Deixe bater bem até obter uma massa homogénea, desligando a meio para acrescentar o adoçante.

Acrescente aos poucos as frutas, a castanha e a farinha e misture bem com as mãos até obter uma massa lisa e mole.

Ponha numa forma própria para panetone e deixe levedar até a massa transbordar. Depois leve ao forno, pré-aquecido, durante 40 minutos.

Retire e reserve 24 horas antes de embalar.

 

Dica:

Lave as passas e frutas cristalizadas para lhes retirar açúcar desnecessário e tornar a receita do panetone verdadeiramente light.

Panetone Light Recheado

O panetone é um doce tradicional de Natal oriundo de Itália e muito popular no Brasil. É um pão doce e alto recheado com frutas secas e cristalizadas.

Esta receita difere da tradicional por ser ter menos calorias, embora mantenha todo o sabor. Um bom truque para tornar a receita ainda mais light é lavar as passas e frutas cristalizadas em água, o que lhes retira bastante açúcar.

Ingredientes:

Para a massa
  • ¼ chávena (chá) de óleo
  • 1 colher (café) de noz-moscada ralada
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 colher (sobremesa) de raspas de limão
  • 1 colher (sopa) de essência de panetone
  • 1 ovo médio
  • 1 pitada de sal
  • 150 g de manteiga sem sal
  • 25 g de adoçante
  • 3 gemas + 1 p/ pincelar o bolo
  • 500 g de farinha especial
Para a fermentação
  • 150 ml de leite morno
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 2 ovos ligeiramente batidos
  • 250 g de farinha
  • 80 g de fermento padeiro
Para o recheio
  • 100 g de nozes picadas
  • 200 g de passas brancas e pretas s/ sementes
  • 250 g de frutas cristalizadas picadas

Confeção:

Dissolva o fermento com o açúcar, junte os restantes ingredientes da fermentação e bata rapidamente. Deixe crescer até dobrar de volume.

Entretanto, prepare a massa básica, começando por bater a manteiga, o adoçante e as gemas, à temperatura ambiente, até obter um creme fofo e esbranquiçado.

Junte o ovo e os demais ingredientes e continue a bater até obter um preparado liso e brilhante.

Junte a massa à fermentação, já crescida, e misture muito bem.

Acrescente a farinha e quebre a massa até ficar lisa, macia e enxuta.

Misture os ingredientes do recheio, deixando a massa repousar até dobrar de volume.

Ponha numa forma própria para panetone, espalhe uma gema por cima e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, deixando cozer o bolo até estar bem dourado.

Panetone Tradicional (Itália)

O panetone é um doce tradicional de Natal oriundo de Milão, no norte da Itália. É um pão doce com um aroma suave de baunilha e recheado com frutas secas e cristalizadas.

Em termos nutricionais, o panetone é muito rico em hidratos de carbono, tendo também uma grande quantidade de gordura. Por isso, é um bolo muito calórico – a título de exemplo, uma fatia de aproximadamente 80 gramas tem cerca de 280 calorias.

Ingredientes:

  • ½ chávena (chá) de leite
  • ½ chávena (chá) de mel
  • ½ colher (chá) de sal
  • ½ colher (sopa) de essência de panetone
  • 1 chávena (café) de açúcar
  • 1 chávena (café) de óleo de milho
  • 1 gema
  • 1 ovo inteiro
  • 30 g de fermento biológico
  • 250 g de frutas cristalizadas
  • 3,5 chávenas (chá) de farinha

Confeção:

Misture o leite e o açúcar e leve ao lume até amornar.

Ponha o leite numa tigela, junte o fermento e mexa até dissolver.

Junte 1 chávena de farinha, mexendo até a massa ficar homogénea. Cubra com película aderente e deixe levedar durante 30 minutos em local aquecido.

Enquanto isso, leve o óleo e o mel a levantar fervura. Retire e deixe amornar um pouco.

Junte o ovo, a gema e a essência de panetone, batendo sempre. Reserve.

À parte, misture a farinha restante com o sal. Adicione à massa já crescida o creme de ovos, alternando com a farinha e misturando sempre.

Em seguida, ponha a massa numa superfície polvilhada e bata durante 15 minutos, ou até esta se soltar das mãos.

Coloque a massa numa tigela, cubra novamente com película aderente e deixe crescer durante mais 45 minutos em local aquecido.

Abra a massa e espalhe as frutas cristalizadas. Enrole como se fosse uma torta e coloque numa forma de papel próprias para panetone com capacidade para 500 gramas. Ponha a massa até a metade da altura e deixe crescer mais 30 minutos.

Ligue o forno a temperatura média e leve a cozer durante 45 minutos, ou até o panetone dourar.

 

Sabia que…

Há várias lendas alusivas à criação deste doce natalício. Uma das mais difundidas diz a que o doce surgiu no século XV, partindo do amor de um rapaz pela filha de um padeiro. O rapaz, Toni, que não fora aprovado pelo pai da moça, disfarçou-se de ajudante de padeiro e preparou um pão doce diferente, tanto pelo tamanho como pelo formato, que parecia o de uma igreja. O pão começou a fazer tanto sucesso que todos queriam saborear tal novidade e o rapaz atribuiu a receita ao pai da rapariga. Os anos passaram e o pão passou a ser conhecido como “pan di Toni“, atualmente designado panetone.
Independentemente da sua origem, este doce é hoje em dia conhecido e apreciado em todo o mundo, sendo mesmo a base de variadíssimas outras receitas.

Laranjas Gratinadas

Uma forma deliciosamente diferente de servir laranjas à sobremesa. Já experimentou?

Ingredientes:

Para a base
  • 10 laranjas
  • 4 gemas
  • 60 g de açúcar
  • 2 colheres de essência de laranja
  • 2 colheres de Cointreau (licor de laranja)
  • 2 colheres de água
Para o xarope
  • 250 ml de água
  • 125 g de açúcar
  • 1 litro de sumo de laranja
  • 2 colheres de licor Grand Marnier

Confeção:

Junte todos os ingredientes do xarope e leve a levantar fervura.

Corte 2 laranjas em fatias fininhas, mergulhe-as no xarope e deixe cozer durante 4-5 minutos em lume brando. Apague e deixe arrefecer.

Descasque as restantes laranjas, separe os gomos, tire-lhes as peles e reserve.

Bata as gemas e o açúcar; quando o composto ficar claro e espumoso junte a essência de laranja, o licor Cointreau e a água.

Sem nunca deixar de bater, coza o preparado em banho-maria, durante 5-6 minutos, até obter um creme espumoso.

Distribua, em 4 pratinhos resistentes ao calor, as rodelas de laranja com xarope e cubra-as com os gomos sem pele.

Deite o creme que preparou sobre as laranjas e deixe-as gratinar, passando os pratinhos debaixo do grill durante 3-5 minutos. Decore a gosto e sirva de imediato.

NOTA:

Poderá substituir a essência de laranja por igual quantidade de suco concentrado de laranja, à venda nos supermercados.

Queijadinhas do Montijo

Estas queijadas, também conhecidas como Queijadinhas de Leite por ser este um dos ingredientes de maior destaque na sua confeção, são daquelas receitas de “comer e chorar por mais”.

A par com os Aldeanos, as Queijadinhas do Montijo são ícones da doçaria regional desta bonita localidade situada na margem sul do país. Uma receita simples e deliciosa para ter sempre à mão…

Ingredientes:

  • 1 litro de leite
  • 2 gemas
  • 200 g de farinha
  • 25 g de margarina
  • 6 ovos
  • 800 g de açúcar
  • essência a gosto (opcional)

Confeção:

Peneire a farinha e o açúcar para numa tigela.

Leve o leite ao lume até ferver e dissolva a margarina no leite quente.

Deite o leite com a margarina derretida na mistura de farinha e açúcar, envolva e deixe arrefecer um pouco.

Bata os ovos inteiros  com as gemas e misture-os no preparado anterior, mexendo devagar.

Unte formas pequenas de alumínio, encha-as com o preparado e leve ao forno, a 250º C.

Depois de prontas, deixe arrefecer um pouco e coloque-as em forminhas de papel frisado.

Sugestão:

Dê um sabor diferente às suas queijadas, juntando à receita uma essência do seu agrado.