Tag Archives: cravo

Bolo de Mel da Madeira

O Bolo de Mel é o doce mais famoso do arquipélago da Madeira, caracterizando-se pela sua forma redonda e achatada e pelo longo período de conservação, que pode ir até 1 ano. Este bolo tradicional é confecionado à base de mel de cana e coberto com frutos secos, sendo enriquecido com diversas especiarias.

Embora não haja uma posição coerente relativamente ao seu aparecimento, a receita é muito antiga, remontando ao período áureo de produção do açúcar na região, entre o séc. XV e XVI. Há quem defenda que a receita terá surgido após a chegada das especiarias depois de descoberto o caminho marítimo para a Índia, havendo também quem alegue que é uma herança dos ingleses (que tiveram uma presença marcante na Madeira), mais não sendo do que uma adaptação do tradicional pudim de Natal dos britânicos.

Independentemente da origem, manda a tradição (já secular e que ainda hoje vigora) que o bolo de mel seja preparado no dia 8 de dezembro, para estar bom no Natal, festa de que faz parte integrante, embora seja consumido durante todo o ano.

Ingredientes:

Para a levedura
  • 300 ml de água
  • 30 g de fermento de padeiro
  • 500 g de farinha
Para a massa dos bolos
  • 1 kg de farinha s/ fermento
  • 1,5 g de cravinho
  • 1,5 g de erva-doce
  • 15 g de bicarbonato de soda
  • 15 g de canela
  • 150 g de banha
  • 150 g de passas
  • 200 ml de vinho da Madeira
  • 300 g de manteiga
  • 350 g de açúcar
  • 400 g de fruta cristalizada sortida
  • 50 g de amêndoa picada
  • 50 g de nozes
  • 800 ml de mel de cana da Madeira
  • 1 laranja

Confeção:

De véspera, prepare a levedura. Amasse a farinha com o fermento. Faça uma bola com a massa, tape com um plástico e deixar levedar em local ameno, entre 2 a 3 horas.

Quando o fermento estiver quase pronto, prepare a massa.

Peneire a farinha e o açúcar, faça uma cova ao meio e deite aí a massa de fermento, amassando muito bem.

Quando estiverem bem misturados, junte o mel, previamente amornado com as gorduras, ligando tudo. Junte os frutos, o vinho da Madeira com o bicarbonato, o sumo e a raspa da laranja e as especiarias.

Amasse bem até a massa se soltar do alguidar. Abafa-a com um pano e um cobertor, deixando-a levedar a uma temperatura amena, no mínimo durante 24 horas.

Deite a massa em formas redondas (15 cm de diâmetro e 4 cm de altura), muito bem untadas e forradas no fundo com papel vegetal, não as enchendo por completo.

Decore a superfície com meias nozes e/ou metades de amêndoa e leve a cozer em bem quente.

Depois de cozidos e frios, embrulhe os bolos em papel vegetal ou celofane e guarde-os em caixas, podendo conservar-se durante um ano.

Broas de Rio de Moinhos (Abrantes)

Também designados Broas de Mel, estes bolos típicos de Rio de Moinhos, localidade pertencente ao concelho de Abrantes, estão tradicionalmente associados à celebração dos Santos e Natal, mas fazem-se durante todo o ano.

A presença das especiarias dá-lhes um sabor e aroma únicos, convidando-nos a saborear esta maravilha da doçaria tradicional portuguesa.

Ingredientes:

  • ½ colher (café) de cravinho moído
  • ½ kg de farinha de trigo
  • ½ litro de água
  • 1 colher (chá) de erva-doce
  • 1 colher (sopa) rasa de canela
  • 250 g de açúcar
  • 250 g de miolo de noz
  • 250 ml de azeite
  • 250 ml de mel
  • 350 g de farinha de milho

Confeção:

Leve ao lume o mel, o açúcar, o azeite e a água.

Quando levantar fervura, acrescente os restantes ingredientes, com exceção das farinhas. Deixe ferver e acrescente-as então, mexendo rapidamente durante cerca de 5 minutos para a massa cozer.

Retire do lume e deixe a massa esfriar.

Tenda umas broas de formato oval e dê-lhes uns golpes em diagonal com uma faca.

Leve a cozer em forno quente, em tabuleiros untados e polvilhados.

Depois de frias, peneire açúcar por cima das broas.

Bolo Creole de Frutas (EUA)

O Bolo Creole de Frutas é típico dos Estados Unidos da América, consistindo numa receita farta, apelativa e saborosa. A sua apresentação e o recheio com frutos secos, tornam este bolo numa excelente opção para o Natal ou passagem de ano.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 colher (café) de fermento em pó
  • 225 g de açúcar
  • 230 g de manteiga
  • 240 g de farinha de trigo
  • 4 ovos
Para o recheio
  • ½ colher (café) de cravo em pó
  • ½ colher (café) de noz-moscada
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 pitada de sal
  • 100 g de ameixas picadas
  • 100 g de laranja cristalizada picada
  • 100 g de nozes picadas
  • 360 ml de conhaque
  • 360 ml de whisky
  • 400 g de açúcar mascavado
  • 400 g de sultanas
  • 900 g de passas
  • gotas de baunilha q.b.
Para a cobertura e decoração
  • 2 colheres (sopa) de água
  • 300 g de geleia de damasco
  • nozes pecãs q.b.

Confeção:

De véspera, misture os ingredientes do recheio e leve a cozinhar, em lume brando, durante 15 minutos. Passado esse tempo, retire e deixe arrefecer.

Coloque no frigorífico até o dia seguinte, numa tigela tapada.

Para a massa, bata a farinha, o fermento, o açúcar e a manteiga até formar um creme. Ponha os ovos, um a um, e bata bem a cada adição. Acrescente o recheio e mexa bem.

Deite o preparado numa forma redonda, forrada com papel-manteiga untado, e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 150º C.

Para a cobertura, aqueça a geleia, misturada com a água.

Pincele a superfície do bolo, depois de cozido, com metade da geleia. Disponha as nozes a gosto e pincele com a geleia restante.

Sonhos de Abóbora com Infusão de Laranja

Os sonhos de abóbora fazem parte da doçaria tradicional de Natal, alegrando as mesas na ceia da consoada. A receita é fácil de preparar, embora seja iniciada na véspera da sua confeção.

Na receita aqui apresentada, a infusão de laranja com aguardente e especiarias vem realçar o sabor típico destes sonhos doces.

Ingredientes:

Para os sonhos
  • 1 casca de limão
  • 1 colher (café) de sal
  • 1 pau de canela
  • 2 colher (café) de fermento em pó
  • 250 ml de água
  • 200 g de polpa de abóbora cozida e escorrida
  • 250 g de farinha de trigo
  • 4 ovos
  • 60 g de manteiga
Para a infusão de laranja
  • 50 ml de aguardente
  • 150 g de açúcar
  • 2 estrelas de anis
  • 3 cravinhos
  • 300 ml de água
  • casca de 2 laranjas

Confeção:

Coza de véspera a abóbora, juntamente com um pau de canela e a casca de um limão.

Depois da cozedura, retire o pau de canela e a casca do limão e deixe a abóbora a escorrer num passador de um dia para o outro.

No dia seguinte, esprema a polpa da abóbora num pano e reserve.

Leve ao lume a água com o sal a manteiga. Quando a mistura ferver, junte a farinha, mexendo sempre muito bem até que comece a despegar do fundo do tacho.

Retire o preparado do calor e junte os ovos, um a um. Acrescente a abóbora cozida e o fermento em pó, envolvendo bem até obter uma mistura homogénea.

Leve a fritar pequenos pedaços de massa (1 colher de sopa, aproximadamente), em azeite quente.

Reserve, os sonhos, colocando-os sobre papel ou outra superfície absorvente para reter a gordura.

Entretanto, prepare a infusão, começando por cortar a casca de laranja em juliana fina. Ferva-a depois com os restantes ingredientes durante um minuto.

Regue os sonhos com a infusão de laranja e sirva.

Créditos da foto: www.ptitchef.com

Broas de Alpiarça

A vila de Alpiarça, no distrito de Santarém, tem um património vasto de doces regionais, no qual se incluem estas maravilhosas broas. Também existem nesta mesma localidade as broas fritas, que diferem desta, não só pelos ingredientes, mas também pela forma como são cozinhadas.

Ingredientes:

  • 1 colher (café) de canela
  • 1 colher (café) de erva-doce moída
  • 1 pitada de sal
  • 100 ml de água
  • 120 g de açúcar amarelo
  • 250 g de farinha
  • 50 g de miolo de amêndoa
  • 50 ml de mel
  • cravinho moído q.b.
  • gema p/ pincelar

Confeção:

Misture o mel, o açúcar, a canela, a erva-doce, a água, o sal e o cravinho num recipiente, envolvendo bem todos os ingredientes.

Leve o preparado ao lume, entre 4 a 6 minutos, sem parar de mexer.

Retire do lume e junte toda a farinha. Mexa bem e leve novamente ao lume até cozer.

Deixe a massa arrefecer e, entretanto, pele e rale as amêndoas, deixando algumas para a decoração.

Quando a massa estiver quase fria, molde as broas  da forma que desejar. Por cima de cada uma, coloque uma amêndoa inteira e pincele com gema.

Disponha as broas num tabuleiro untado com azeite e leve-as a cozer no forno, a 180º C, durante 20 minutos.