Tag Archives: corante

Semifrio de Kiwi

Mais uma sobremesa deliciosa, bonita e simples. Este semifrio é uma receita excelente para fazer nos dias quentes de verão, sendo uma sobremesa fresca e com uma apresentação muito bonita em que os kiwis e o chantilly fazem toda a diferença. A gelatina dá consistência ao doce. Um semifrio que nos deixa de água na boca só de olhar…

Doce Fino do Algarve

Este doce regional do Algarve é muito conhecido e apreciado aquém e além fronteiras de Portugal. Os estrangeiros conhecem-no como docinho de marzipan, uma vez é é feitio a partir de uma mistura de massapão, à base de amêndoa, o ingrediente mais comum na doçaria tradicional algarvia, açúcar e clara de ovo. Esta massa, também é conhecida como massa de amêndoa, massa de doce regional ou massa de morgadinho.

Depois de preparada a massa, são moldadas figuras, normalmente frutas e animais pequenos, pintados com corantes alimentares de cores alegres para criar uma boa imitação do objeto real. Estas deliciosas figuras são ainda recheadas com fios de ovos.

Ingredientes:

(para cerca de 20 doces finos)
  • 1 colher (sopa) de água
  • 300 g de açúcar fino
  • 300 g de amêndoa ralada
  • fios de ovos p/ o recheio
  • corantes alimentares q.b.

Confeção:

De véspera, rale muito bem as amêndoas até ficarem em pó (a pesagem é feita depois de as amêndoas estarem raladas).

Leve o açúcar a ferver em lume brando, com um pouco de água (só a suficiente para o absorver), mexendo de vez em quando.

Depois de ferver cerca de 3 minutos, junte a amêndoa ralada e mexa bem para que não crie grumos.

Continue a mexer até a  massa ficar com uma consistência moldável.

Retire do lume e continue sempre a mexer até a massa arrefecer a ponto de poder ser trabalhada com as mãos.

Deite a massa sobre a pedra da bancada e amasse. Nesta altura, como já está fria, começa a ficar mais dura, pelo que será fácil formar uma bola.

Coloque a bola de massa de amêndoa num recipiente, tape e deixe repousar de um dia para o outro.

No dia seguinte, faça pequenas bolinhas, abra-as e coloque nelas um pouco de fio de ovos (só mesmo um pouco, para que não fiquem muito inchadas e seja possível moldá-las).

Molde figuras do seu agrado (tradicionalmente, fazem-se figuras relacionadas com a natureza – frutas e legumes, animais, flores, entre outras).

Decore as figuras com corante alimentar. As cores mais usadas são o rosa-claro (para pétalas e flores), o amarelo (para o olho das flores), o verde (para as folhas) e o castanho (para os troncos).

Coloque em formas de papel frisado e delicie os seus familiares e/ou amigos com este maravilhoso doce regional algarvio.

NOTA:

Depois de moldados, os doces finos do Algarve conservam-se bem no frigorífico.

Amêndoas de Sobremesa

As amêndoas são por tradição um dos doces mais representativos da Páscoa. Além das amêndoas de compra, há as receitas caseiras que, para lá de um toque pessoal, lhe permitem dar um pouco de si à(s) pessoas a quem as servir ou oferecer como presente.

Experimente esta receita caseira de amêndoas de sobremesa, veja como é fácil e delicie com elas os seus familiares e amigos.

Ingredientes:

  • 1 kg de açúcar
  • 2 gotas de corante vermelho (opcional)
  • 250 g de amêndoas inteiras c/pele
  • 300 ml água
  • 50 g de chocolate preto

Confeção:

Leve ao lume o açúcar, o chocolate, o corante e a água e deixe ferver até atingir o ponto de bola (também conhecido como ponto de rebuçado).

Quando a calda atingir o ponto, junte a amêndoa, retire do lume e, com uma colher de pau, mexa até o açúcar secar.

Retire as amêndoas, que já devem conter uma camada de açúcar, junte um pouco de água ao açúcar restante e volte a levar ao lume para atingir de novo o ponto.

Repita esta operação cerca de 3-4 vezes, até a amêndoa estar coberta de açúcar (triplica o volume inicial).

Biscoitos Coelhinhos de Páscoa

Uma receita original para alegrar a mesa de Páscoa ou para oferecer como lembrança. Os biscoitos, à base de uma massa de manteiga, são decorados com glacê, que os deixa ainda mais apelativos e deliciosos.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 colher (chá) de fermento
  • 1 ovo
  • 1 pitada de sal
  • 100 g de açúcar
  • 100 g de manteiga
  • 250 g de farinha de trigo
  • raspa de 1 citrino (limão ou laranja)
Para o glacê real
  • 1 clara
  • 250 g de açúcar em pó
  • 6 gotas de sumo de limão
  • corantes a gosto (opcional)

Confeção:

Ligue o forno a 180º C.

Bata a manteiga e o açúcar até obter um preparado cremoso.

Bata o ovo e junte à mistura anterior.

Adicione a farinha, a raspa do citrino, o fermento e o sal e misture até obter uma massa consistente.

Estique a massa numa superfície polvilhada com farinha e corte-a em forma de coelhinhos.

Leve ao forno cerca de 10 minutos, até os biscoitos dourarem.

Deixe-os arrefecer sobre uma rede e, entretanto, prepare o glacê.

Junte todos os ingredientes e bata muito bem (cerca de 10 minutos), até que o glacê fique firme.

Coloque o glacê numa seringa de pastelaria ou saco de pasteleiro com um bico fino e desenhe os contornos sobre os biscoitos. Deixe secar.

Para preencher espaços maiores, o glacê deverá ser mais fluido, pelo que terá de adicionar um pouco de água.

Deixe os biscoitos secarem cerca de 24 horas antes de os servir.

NOTAS:
  1. Quando começar a bater o glacê, se a mistura estiver muito mole, adicione um pouco mais de açúcar em pó.
  2. Se usar diferentes cores de glacê, coloque um pouco de cada em várias tigelas, usando uma tigela para cada cor. Misture bem com o corante.

Beijinhos

Quem não se lembra de, em criança, se deliciar com estes beijinhos de açúcar coloridos? Esta receita tipicamente portuguesa preenche as memórias de muitos de nós…

A receita é simples e consiste nuns bolinhos pequenos e redondos, sobre os quais é colocada uma cobertura de açúcar com diversas cores. São deliciosos e encantadores estes doces!

Ingredientes:

Para a massa
  • 100 g de açúcar
  • 150 g de farinha de trigo
  • 3 ovos
  • raspa de ½ limão
Para a cobertura
  • 4 claras
  • 8 colheres (sopa) de açúcar
  • corante alimentar (verde, vermelho, azul, amarelo…)

Confeção:

Ligue o forno a 180° C.

Unte um tabuleiro com manteiga, forre-o com papel vegetal também untado e reserve.

Bata os ovos com o açúcar, juntando depois a farinha e a raspa de limão.

Coloque a massa num saco de pas­teleiro e tenda bolinhos no tabuleiro.

Leve ao forno durante 15 minutos.

Retire os bolinhos e reduza a temperatura do forno para os 100º C.

Para a cobertura, junte as claras com o açúcar e leve ao lume, em banho-maria, mexendo para dissolver o açúcar.

Retire do lume e bata até obter um merengue firme.

Divida o merengue de acordo com as cores do corante, deixando uma delas de parte (essa será a cobertura branca).

Adicione um pouco de corante pelas diferentes partes do merengue (se desejar uma cor mais acentuada, ponha um pouco mais, mas se preferir cores suaves, é necessário muito pouco corante)

Coloque separadamente o merengue num saco de pasteleiro de boquilha frisada e tenda beijinhos sobre os bolos.

Leve ao forno durante 1 hora. Deixe arrefecer e sirva.

Sugestão:

Prepare a receita das Cavacas de Margaride para dar bom uso às gemas que sobraram da confeção dos Beijinhos. Veja a receita AQUI.