Tag Archives: como fazer

Como fazer Massa Brick

A massa brick tem uma utilização muito versátil, podendo ser aplicada em receitas doces ou salgadas. Consiste numa espécie de massa folhada, muito fina e quebradiça, com origem na Tunísia, também conhecida como malsouka. Em traços gerais, é idêntica à massa filo, mas com uma textura mais porosa.

Como fazer Massa Tenra

Esta massa, de preparo muito simples, é usada em diversas receitas, embora a sua aplicação mais conhecida seja na confeção de pastéis, doces ou salgados. Geralmente, esta massa é frita, mas também a pode cozer no forno.

Licor Amaretto

O Amaretto é um conhecido licor italiano, feito à base de damasco, amêndoas e álcool. O seu aroma e sabor são marcadamente amendoados, embora a quantidade de amêndoas usada na produção do licor seja ínfima em relação ao damasco, do qual se usam somente os caroços.

Segundo se sabe, a receita do Amaretto foi inventada por uma jovem viúva como oferta ao pintor Benardino Luini, para quem posou e por quem se apaixonou. Em 1525, a Igreja de Saronno, dedicada à Virgem Maria, encomendou ao artista o trabalho de pintura mural (fresco). Para ilustrar a Virgem, o pintor encontrou inspiração numa jovem viúva na cidade, que usou como modelo. Querendo dar-lhe um presente, por gratidão e carinho, ela fez um licor com sementes de damasco para o artista. Surgia assim o licor Amaretto, que ganhou renome a nível mundial…

Ingredientes:

  • 1 litro de água
  • 250 g de caroços de damasco
  • 50 g de amêndoas secas (ou 20 gotas de essência de amêndoas)
  • 700 g de açúcar
  • 700 ml de aguardente de boa qualidade

Confeção:

Limpe e lave bem os caroços de damasco.

Ferva os caroços e as amêndoas com ½ litro de água durante 5 minutos. Reserve.
NB: Se optar pela essência de amêndoa, deverá adiciona-la posteriormente.

Leve o açúcar e a água restante a ferver em lume brando, cerca de 10 minutos, mexendo continuamente até formar uma calda fina (quando levantar a colher e formar um fio caramelado grosso, a calda está no ponto).

Retire a calda do lume e deixe arrefecer.

Junte a água e os caroços de damasco à calda, mexendo para misturar.

Leve a ferver, em lume brando, cerca de 2 minutos.

Deixe arrefecer à temperatura ambiente.

Adicione a aguardente e mexa bem. Se optou pela essência de amêndoa, deverá juntá-la com a aguardente.

Deite num recipiente de vidro e feche bem.

Reserve num local fresco e escuro, deixando o preparado macerar durante 20 a dias.  Agite o frasco diariamente para ajudar na mistura e fermentação.

Após o período de maceração, coe o preparado com um pano limpo (ou um coador de rede muito fina) e filtre com filtro de papel.

Deite numa garrafa de licor e reserve num local escuro, no mínimo durante 7 dias, para apurar o sabor.
Notas:
  • Com a polpa do damasco poderá preparar o licor de damasco tradicional (receita AQUI).
  • Na falta de damascos, use caroços de pêssegos ou de ameixas.

Licor de Damasco

Com o damasco, podem-se fazer dois tipos de licores, usando diferentes partes do fruto – com a polpa, faz-se o licor tradicional, cuja receita aqui apresentamos e, com os caroços, prepara-se o famoso Amaretto.

Este licor pode ser saboreado ao natural ou usado na preparação de receitas à base de damasco, como a conhecida Bavaroise de Damascos. Como qualquer outro licor, a receita começa a ser preparado com cerca de um mês de antecedência, para que a fruta possa macerar na aguardente, que possibilita uma mistura homogénia dos sabores.

Ingredientes:

  • 500g de polpa de damasco
  • 1 kg de açúcar
  • 1 litro de água
  • 1 litro de aguardente

Confeção:

Corte os damascos em pedaços pequenos e desfaça-os bem com um garfo.

Mergulhe a polpa na aguardente, guarde num recipiente de vidro e feche bem.

Reserve num local fresco e escuro, deixando a polpa macerar durante 30 dias.  Agite o frasco diariamente para ajudar na mistura e fermentação.

Após o período de maceração, coe o preparado com um pano limpo (ou um coador de rede muito fina) e aperte bem para extrair todo o sumo. Reserve.

Leve o açúcar e a água a ferver em lume brando, cerca de 15 minutos, mexendo continuamente, até formar uma calda fina (quando levantar a colher e formar um fio caramelado grosso, a calda está no ponto).

Retire do lume e deixe a calda arrefecer.

Deite a infusão de damasco sobre a calda de açúcar e misture bem.

Deixe arrefecer naturalmente, deixando em repouso cerca de 24 horas, à temperatura ambiente.

Passado o período de decantação, coe o licor para retirar as impurezas. Se desejar, poderá não o coar, ficando o licor com pequenos filamentos de damasco que lhe dão um aspeto e sabor particulares.

Deite numa garrafa de licor e reserve num local escuro, no mínimo durante 10 dias, para apurar o sabor.

Como fazer Massa Folhada

A massa folhada é usada em muitas receitas doces e salgadas. No Ocidente, o seu uso terá sido desenvolvido a partir do séc. XVII, embora já haja referências do século anterior, em Itália, a esta pasta sfoglia.

Trata-se de uma massa leve, sem fermento, feita em várias camadas e com uma grande quantidade de gordura (preferencialmente margarina para folhados). A massa folhada é feita em quatro etapas: preparação da massa de base, adição da gordura, dobragem e corte.

Muitas pessoas evitam fazer a receita caseira por demorar algum tempo e/ou porque a sua preparação requer alguma perícia. No entanto, quando pomos as “mãos na massa”, constatamos que o processo não é tão complicado como se imaginava à partida e, admitamos, uma receita caseira tem sempre outro sabor.

Ingredientes:

  • 1 pitada de sal
  • 200 g de farinha de trigo + q.b. p/ polvilhar
  • 200 g de margarina para folhados
  • 90 ml de água muito fria ou gelada

Confeção do modo tradicional:

Coloque a farinha no centro da superfície de trabalho e tempere com umas pedras de sal.

Abra um buraco no meio da farinha e deite um pouco de água.

Misture a farinha com a água a partir de dentro e, aos poucos, vá acrescentando a água restante.

Amasse muito bem, até a massa se descolar das mãos.

Faça uma bola, dê um corte no topo, em forma de cruz, e deixe a massa repousar durante 20 minutos, no frigorífico | geladeira.

Corte a margarina em pedaços pequenos e reserve.

Polvilhe a superfície de trabalho com farinha e, com o rolo de cozinha, estenda a massa com o formato de retângulo.

Com os dedos, amoleça a margarina e espalhe-a sobre a massa.

Dobre uma ponta até chegar ao meio. Em seguida, dobre a outra ponta, ficando, assim, a massa dobrada em 3 partes.

Rode-a de modo a ficar com o lado da última dobra para a sua esquerda, como se fosse um livro.

Com o rolo, estenda a massa de novo, voltando a dar-lhe a forma de retângulo, e dobre-a em três partes, como fez inicialmente. Vá polvilhando com farinha para a massa não colar, à medida que a trabalha.

Repita mais uma vez o processo de estender a massa em retângulo e dobre-a pela última vez.

Deixe a massa folhada, dobrada, repousar 20 minutos no frigorífico.

Depois de novamente estendia e com a espessura desejada, corte a massa de acordo com a utilização que lhe der e está pronta a usar.

Preparação na Bimby:

Coloque todos os ingredientes no copo e programe 20 seg/ velocidade 6.

Retire a massa do copo, forme com ela uma bola e envolva-a em película aderente. Coloque a massa no frigorífico durante 20 minutos.

Polvilhe a superfície de trabalho com farinha e, com o rolo de cozinha, estenda a massa em forma de retângulo.

Dobre uma ponta da massa até chegar ao meio. Em seguida, dobre a outra ponta, ficando, assim, a massa dobrada em 3 partes.

Rode-a de modo a ficar com o lado da dobra para a sua esquerda, como se fosse um livro.

Estenda novamente a massa com o rolo, voltando a dar-lhe a forma de retângulo. Dobre-a em três partes, como fez inicialmente. Vá polvilhando com farinha à medida que trabalha a massa, para não colar.

Repita mais uma vez o processo de estender a massa em retângulo e dobre-a, pela última vez.

Deixe a massa folhada, dobrada, repousar 20 minutos no frigorífico, antes de a utilizar.

NOTA:

Pode congelar a massa folhada por um período até 6 meses. Descongele no frigorífico de um dia para o outro.

Dica:

Se usar a massa folhada para uma tarte ou quiche, depois de a estender na forma, deixe-a repousar no frigorífico cerca de 30 minutos. Procedendo desta forma, a massa fica mais estaladiça e não irá encolher.