Tag Archives: bolos secos

Bolos Ferradura

As ferraduras são uns bolos tradicionais portugueses muito conhecidos, que podem receber diferentes designações consoante a zona do país – bolos de pernabolos de casamento, bolos de noivos, bolos dos leilões ou parrameiros. Os nomes devem-se à forma final dos bolos ou a ocasiões festivas onde eram presença indispensável. Embora hoje em dia a sua venda esteja já muito difundida, há uns anos atrás, além da confeção da receita caseira, as ferraduras encontravam-se sobretudo à venda nas feiras.

A receita aqui publicada é a tradicional, com canela, comum na generalidade do país, embora haja quem não lhe ponha limão. Inicialmente tínhamos publicado a receita com os ingredientes básicos, atendendo ao facto de as especiarias variarem e, dependendo da receita regional, estes bolos secos poderem ser mais ou menos condimentados – a erva-doce, por exemplo, é um ingrediente de referência em algumas delas, mas não se usa em todas as regiões.

Ingredientes:

(para cerca de 14 ferraduras)
  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • 1 pau de canela
  • 1 pitada de sal
  • 2 ovos + 1 gema p/ pincelar
  • 200 ml de água
  • 250 g de açúcar
  • 4 colheres (chá) de fermento em pó
  • 500 g de farinha de trigo
  • 80 g de manteiga
  • casca de 1 limão

Confeção do modo Tradicional:

Leve a ferver a água, temperada com sal, a manteiga, 1 tira da casca de limão e o pau de canela.

Raspe a casca de limão restante e envolva bem com os ingredientes secos (açúcar, farinha, fermento e canela).

Bata os ovos e misture-os bem no preparado anterior.

Aos poucos, vá adicionando a água fervida, na quantidade necessária para que a massa ganhe consistência e comece a soltar-se da bordas do recipiente – não deverá ficar demasiado mole.

Com a massa obtida, tenda pequenos bolos em forma de ferradura, sobre uma superfície enfarinhada, e disponha-os num tabuleiro untado, à medida que os for fazendo.

Pincele a superfície dos bolos com gema batida e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 220º C.

Preparação na Bimby:

Leve a ferver a água, temperada com sal,a manteiga, 1 tira da casca de limão e o pau de canela.

No copo da Bimby, deite o açúcar e a restante casca do limão (só a parte amarela) e pulverize uns segundos na velocidade 7.

Acrescente a farinha, o fermento e a canela em pó e misture 10 segundos/ velocidade 4.

Programe a Bimby na velocidade 3 e deite os ovos pelo bucal.

Logo de seguida vá deitando a quantidade de água fervida necessária para que a massa ganhe consistência e comece a desprender-se do copo (cerca de 6 colheres).

Coloque a massa numa superfície enfarinhada e forme uma bola. Retire pequenas porções e dê-lhes a forma de ferradura.

Disponha os bolos num tabuleiro untado, pincele a superfície com gema batida e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 220º C.

Notas:
  • A massa não deve ficar ficar muito mole, pelo que poderá não usar a água toda. Caso isso aconteça, tornando-se difícil moldar os bolos, acrescente um pouco de farinha até a massa ficar no ponto.

Amendoados

Os amendoados, também conhecidos como almendrados, são bolos secos com uma massa compacta, mas esboroável. O ingrediente que lhes dá o nome e que mais sobressai é a amêndoa, picada grosseiramente.

Típicos da região de Lisboa e Vale do Tejo, estes bolos são muito apreciados a qualquer hora do dia, embora sejam particularmente consumidos nos lanches (da manhã e da tarde).

A receita é geralmente passada de geração em geração, havendo, todavia, registos manuscritos que remontam aos princípios do século XIX.

Ingredientes:

Confeção:

Bata as claras em castelo firme, e adicione-lhes o açúcar, continuando sempre a bater.

Junte a margarina amolecida, a farinha e metade da amêndoa moída, miturando bem.

Forme pequenas bolas com a massa e disponha-as num tabuleiro, devidamente untado.

Espalhe as amêndoas laminadas por cima dos bolos e leve a cozer, em forno pré aquecido a 240º C, durante 20 minutos.

Deixe os amendoados arrefecerem e desenforme.

Nota:

Poderá colocar a massa em formas de papel frisado, dispondo estas no tabuleiro.

Sugestão:

Aproveite as gemas para fazer Travesseiros de Sintra.

Ésses de Peniche

Um dos doces tradicionais de Peniche são estes deliciosos biscoitos em forma de esses. A receita é muito fácil e, além de muito saborosos, como são bolos secos, os esses de Peniche têm a vantagem de se poderem guardar e, assim, ter um doce tradicional para receber uma visita inesperada.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 375 g de açúcar
  • 375 g de amêndoas
  • 6 claras
  • 90 g de farinha
  • açúcar pilé

Confeção:

Pele e rale as amêndoas e, em seguida, bata as claras em castelo.

Num tacho, junte as amêndoas, as claras batidas em castelo, o açúcar e a manteiga. Bata tudo muito bem e leve ao lume a levantar fervura.

Retire do calor, junte a farinha, misture e leve novamente ao lume, mexendo até ficar suficientemente espesso para ser tendido.

Deixe arrefecer completamente e tenda a massa em SS, com a ajuda de açúcar pilé.

Leve a cozer, em forno moderado, em tabuleiros untados e polvilhados.

Deixe arrefecer e retire os biscoitos cuidadosamente dos tabuleiros com a ajuda de uma faca.

Sugestão:

Faça o aproveitamento das claras, preparando a receita das Meias‐luas, típicas de Viana do Castelo.

Bolos Económicos ou Azeiteiros de Trás-os-Montes

Esta receita tradicional de de Trás-os-Montes, no norte de Portugal, é conhecida como Bolos Económicos ou Azeiteiros, ambas as designações perfeitamente enquadradas nas características destes bolos. São bolinhos de confeção muito simples, feitos com ingredientes tradicionais e cuja receita rende muito, o que faz com que sejam efetivamente bolos económicos. Já a designação de Azeiteiros se relaciona com a quantidade de azeite empregue na sua confeção.

São bolos secos, mas muito fofinhos, sendo ótimos para saborear ao lanche ou simplesmente a acompanhar uma chávena de chá. Aguentam-se vários dias, guardados numa boleira.

Ingredientes:

(para cerca de 20 bolos)
  • 1 cálice de aguardente
  • 1 chávena | xícara (chá) de leite
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • 200 ml de azeite
  • 250 g de açúcar + q.b. p/ polvilhar
  • 5 ovos
  • farinha q.b. até tender
  • raspa e sumo de 1 laranja (opcional)

Confeção:

Ligue o forno a 200º C.

Bata os ovos com o açúcar até obter um creme fofo.

Misture a aguardente, o azeite, o leite, o sumo e raspa da laranja e a farinha necessária, peneirada com o fermento.

Bata muito bem até ficar uma massa consistente.

Com uma colher de sopa, retire pedaços de massa e disponha-os em montinhos, ligeiramente afastados, num tabuleiro (forrado com papel vegetal ou untado e polvilhado com farinha).

Polvilhe cada bolo com um pouco de açúcar e leve a cozer, 10 a 15 minutos (dependendo do tamanho dos bolinhos), até estarem dourados.

NOTA:

Se forem cozidos em forno de lenha, estes bolinhos ainda são melhores.

Créditos da foto: http://tricotdamifa.blogspot.pt/

Beijocas de Laranja

Estes bolos secos são um verdadeiro mimo, pelo que o nome se ajusta na perfeição. São muito práticos e fáceis de preparar, sobressaindo um ligeiro sabor a laranja, o que os torna muito apetecíveis.

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 100 ml de leite
  • 125 g de açúcar
  • 2 laranjas
  • 2 ovos
  • 30 g de margarina
  • 300 g de farinha de trigo

Confeção do modo Tradicional:

Bata os ovos com o açúcar.

Adicione a raspa e o sumo das laranjas, a manteiga e o leite, batendo bem até que os ingredientes estejam todos bem incorporados.

Junte a farinha e o fermento e envolva delicadamente.

Com a ajuda de uma colher, retire pedaços de massa e disponha-os num tabuleiro untado.

Polvilhe com açúcar e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, até os bolos dourarem.

Preparação na Bimby:

Pulverize casca das laranjas, programando 1 minuto, velocidades 5-7-10.

Junte o açúcar e volte a pulverizar 1 minuto, velocidades 5-7-10.

Acrescente a margarina e programe 1 minuto, velocidade 4. O preparado ficará com uma consistência cremosa.

Adicione o leite, o sumo das laranjas e programe 4 minutos, velocidade 1.

Logo de seguida, com a Bimby em funcionamento, deite os ovos pelo bucal, tape com o copo medidor e aumente para a velocidade 4 até terminar o tempo.

Incorpore a farinha, misturada com o fermento, e envolva durante 15 segundos, velocidade 4.

Com uma colher, retire pedaços de massa e e disponha-os num tabuleiro untado.

Polvilhe com açúcar e leve a forno, pré-aquecido a 180º C, até os bolos dourarem.

Foto de http://docestentacoesdahannah.blogspot.pt/2010/04/beijocas-de-laranja.html