Tag Archives: arroz-doce

Tarteletes de Arroz-doce

Estas tarteletes são uma adaptação da receita tradicional portuguesa de arroz-doce. Tanto se podem designar tarteletes como torteletes, mas a primeira delas é a designação mais usada, até porque estes bolos têm o formato de pequenas tartes.

Ingredientes:

Para o arroz-doce
  • 1 chávena (chá) de açúcar
  • 1 chávena (chá) de arroz
  • 2 paus de canela
  • 2 chávenas (chá) de água
  • 2 chávenas (chá) de leite
  • 4 cravos da Índia
  • canela p/ polvilhar
Para a massa das tarteletes
  • ½ chávena (chá) de açúcar
  • ¾ chávena (chá) de amêndoa triturada
  • 1 chávena (chá) de manteiga
  • 2 chávenas (chá) de farinha de trigo

Confeção:

Coza o arroz com o cravo e a canela.

Assim que o arroz estiver cozido e a água secar, junte o leite e o açúcar.

Quando o leite começar a ferver, continue a mexer até engrossar e ficar bem cremoso.

Retire do lume, bata e reserve.

Para a base das tarteletes, misture todos os ingredientes até obter uma massa homogénea.

Coloque no frigorífico aproximadamente 20 minutos.

Quando retirar do frio, estenda a massa com um rolo de cozinha.

Forre as formas para tartelete, previamente untadas, com a massa e leve a cozer em forno médio (± 180º C) até dourarem.

Desenforme as bases e recheie-as com o arroz doce.

Polvilhe as tarteletes com canela e sirva.

Manjar dos Reis do Mosteiro de Fiães

Este doce conventual, tipicamente natalício, foi criado pelos monges cistercienses do antigo Mosteiro de Fiães, situado no concelho de Melgaço, no extremo norte de Portugal.

Sendo um doce de origem conventual, não podiam faltar as gemas em abundância e a amêndoa. Trata-se de uma receita simples, que  permite fazer o aproveitamento de arroz cozido, resultando num doce que é um verdadeiro manjar.

Ingredientes:

  • 12 gemas
  • 125 g de amêndoas moídas
  • 125 g de arroz cozido
  • 300 ml de água
  • 500 g de açúcar
  • raspa de limão q.b.

Confeção:

Leve o açúcar ao lume com a água e deixe ferver durante 2 minutos, até formar ponto de pasta (introduzindo uma colher, a calda corre facilmente, mas há  uma pequena camada de açúcar que adere).

Retire do lume e junte a amêndoa, o arroz escorrido e as gemas. Mexa bem.

Leve novamente ao lume para engrossar, mexendo sempre para não queimar.

Sirva o doce em taças ou numa travessa.

Arroz-doce de Natal

O arroz-doce é uma sobremesa típica de Natal, tradicionalmente cozido em leite e açúcar. Veja como preparar esta variante, própria da época natalícia, em que a manteiga se junta aos ingredientes básicos, deixando-o ainda mais cremoso.

Ingredientes:

  • ¼ litro de água
  • 1 litro de leite
  • 150 g de açúcar
  • 150 g de arroz
  • 25 g de manteiga
  • 5 gemas
  • canela p/ polvilhar

Confeção:

Leve o arroz ao lume e deixe ferver até a água desaparecer.

Misture o leite e deixe cozer o arroz.

Quando o arroz estiver cozido, misture o açúcar, as gemas e a manteiga. Retire do lume sem deixar ferver.

Distribua por pratos, taças ou um prato grande. Polvilhe com canela.

Arroz-doce Fatiado e com Amêndoa

Esta receita de arroz-doce não leva ovos e, além da canela com que é tradicionalmente polvilhado, leva uma deliciosa cobertura de amêndoas. Também são adicionadas amêndoas moídas quando o arroz está a ser preparado, deixando o doce com um ligeiro crocante.

Este doce não fica líquido, pelo que pode ser cortado às fatias, tornando-se prático para servir e com uma apresentação original.

Ingredientes:

  • ½ kg de arroz carolino
  • 1 pitada de sal fino
  • 150 g de miolo de amêndoa moído
  • 200 ml de leite
  • 3 cascas de limão
  • 400 g de açúcar
  • 600 ml de água
  • amêndoa laminada tostada q.b.
  • canela p/ polvilhar

Confeção:

Ferva a água com o sal e as cascas de limão.

Junte o arroz, misture e deixe cozer até a água evaporar.

Adicione, aos poucos, o leite a ferver e vá mexendo, delicadamente, até estar quase pronto.

Retire as cascas de limão, junte o açúcar e, em seguida, o miolo de amêndoa.

Deixe apurar, mexendo delicadamente, até o leite evaporar e o doce secar.

Deite o arroz-doce num tabuleiro, espalhe e deixe em repouso durante umas horas.

Desenforme o arroz sobre uma superfície lisa e corte-o às fatias.

Polvilhe com canela e decore com a amêndoa laminada.

Arroz-doce do Mosteiro de Lorvão

Se há doce tradicionalmente associado ao Natal e a ocasiões festivas, em Portugal, o arroz-doce é uma delas. Esta variante da receita é de origem conventual, tendo sido criada no Mosteiro do Lorvão, em Penacova.

Ingredientes:

  • 1 pitada de sal
  • 2 litros de leite
  • 500 g de arroz
  • 650 g de açúcar
  • água q.b.
  • raspa de 1 limão
  • canela p/ polvilhar

Confeção:

Leve o arroz ao lume, com um pouco de água, sal e a raspa de limão.

Quando o arroz abrir, junte o leite e deixe acabar de cozer.

Estando o arroz cozido, junte o açúcar e deixe ferver, lentamente, mexendo sempre.

Quando o arroz prender um pouco e tiver uma certa goma à volta do tacho, retire e distribua por pires ou taças individuais, polvilhado com canela.