Tag Archives: Alpiarça

Broas de Alpiarça

A vila de Alpiarça, no distrito de Santarém, tem um património vasto de doces regionais, no qual se incluem estas maravilhosas broas. Também existem nesta mesma localidade as broas fritas, que diferem desta, não só pelos ingredientes, mas também pela forma como são cozinhadas.

Ingredientes:

  • 1 colher (café) de canela
  • 1 colher (café) de erva-doce moída
  • 1 pitada de sal
  • 100 ml de água
  • 120 g de açúcar amarelo
  • 250 g de farinha
  • 50 g de miolo de amêndoa
  • 50 ml de mel
  • cravinho moído q.b.
  • gema p/ pincelar

Confeção:

Misture o mel, o açúcar, a canela, a erva-doce, a água, o sal e o cravinho num recipiente, envolvendo bem todos os ingredientes.

Leve o preparado ao lume, entre 4 a 6 minutos, sem parar de mexer.

Retire do lume e junte toda a farinha. Mexa bem e leve novamente ao lume até cozer.

Deixe a massa arrefecer e, entretanto, pele e rale as amêndoas, deixando algumas para a decoração.

Quando a massa estiver quase fria, molde as broas  da forma que desejar. Por cima de cada uma, coloque uma amêndoa inteira e pincele com gema.

Disponha as broas num tabuleiro untado com azeite e leve-as a cozer no forno, a 180º C, durante 20 minutos.

Ésses de Amêndoa (Ribatejo)

Estes biscoitos, com amêndoa, canela e limão, são os mais famosos do Ribatejo, tendo-se popularizado ao longo do tempo aquém e além fronteiras de Portugal.

A origem destes doces regionais é incerta, mas será certamente da região de Alpiarça, mantendo uma presença marcante na gastronomia local.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de canela
  • 2 colheres (sopa) de farinha + q.b. p/ tender
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 250 g de amêndoa
  • 250 g de açúcar
  • 4 claras
  • açúcar pilé q.b.
  • raspa de 1 limão

Confeção:

Pele e rale as amêndoas.

Deite-as num tacho, juntamente com o açúcar, a canela e a manteiga derretida.

Bata as claras em castelo e junte-as ao preparado anterior, assim como a farinha e a raspa de limão.

Leve o tacho ao lume e, mexendo, deixe cozer a farinha. Deixe o preparado arrefecer completamente e, com a ajuda de farinha, tenda os esses (SS).

Passe os bolos por açúcar pilé e leve-os  a cozer em forno moderadamente quente, em tabuleiros untados e polvilhados.

NOTA:

As claras podem não ser batidas em castelo e a farinha pode ser suprimida.

Foto: http://teoriadacor.blogspot.pt

Patudos (Alpiarça)

Os patudos são bolos típicos de Alpiarça, com uma apresentação idêntica à dos Cortadinhos, uma outra iguaria daquela localidade. Tanto um como outro são bolos deliciosos, mas igualmente calóricos, devido à grande quantidade de ovos e açúcar.

Os patudos caracetrizam-se ainda pela presença das amêndoas e do doce de chila, ingredientes muito comuns na doçaria tradicional portuguesa.

Ingredientes:

  • 100 ml de água
  • 180 g de amêndoas
  • 20 gemas
  • 4 ovos inteiros
  • 500 g de açúcar  + q.b. p/ polvilhar
  • 60 g de doce de chila
  • manteiga p/ untar

Confeção:

Leve o açúcar e a água ao lume até atingir o ponto de pérola (atinge-se este ponto aos 108º C, após cerca de 2 minutos de fervura. O ponto é visível, deixando correr um pouco da calda numa colher, formando-se um fio resistente e uma bola na ponta, semelhante a uma pérola).

Junte amêndoa e o doce de chila, envolvendo bem.

Bata os ovos com as gemas, envolva-os bem no preparado e retire do lume.

Deite num tabuleiro untado com manteiga e leve ao forno, pré-aquecido a 170º C, durante 50 minutos.

Retire o bolo do forno e deixe arrefecer.

Corte em quadradinhos e polvilhe com açúcar. Sirva os patudos em formas de papel frisado.

SUGESTÃO:

Para utilizar tão grande quantidade de claras como as que não foram usadas na receita destes bolos, prepare um Pudim Molotov com Nozes e Merengues de Chocolate e Avelã.

Fonte da receita: cm-alpiarca.pt   |   Foto: docesportugueses.com/alpiarca

Cortadinhos de Alpiarça

A vila de Alpiarça pertence ao distrito de Santarém, estando atualmente inserida na região do Alentejo e sub-região da Lezíria do Tejo. Anteriormente, esta região pertencia à província do Ribatejo, hoje sem qualquer significado político-administrativo, mas ainda muito presente na vida do quotidiano, pela facilidade de enquadramento regional e identificação do espaço. Toda esta região tem uma doçaria tradicional diversificada e riquíssima, para a qual em muito contribuem as receitas típicas de Alpiarça.

Os cortadinhos, também conhecidos como quadradinhos de Alpiarça por ser esta a sua forma comum, são bolos muito saborosos, mas altamente calóricos, devido à quantidade de ovos e açúcar que levam.

Ingredientes:

  • 100 g de farinha de trigo
  • 300 g de açúcar
  • 6 ovos
  • manteiga q.b. p/ untar o tabuleiro
  • raspa de 1 limão
  • açúcar e canela p/ polvilhar

Confeção:

Bata bem os ovos com o açúcar.

Aos poucos, acrescente a farinha e a raspa do limão, batendo mais um pouco.

Deite a massa, que ficará leve, num tabuleiro untado e forrado com papel vegetal, também ele untado com manteiga e polvilhado com farinha.

Leve a cozer em forno moderado, cerca de 40 minutos. Após 20 minutos de cozedura, para não tostar muito, coloque uma folha de alumínio por cima da massa.

Depois de cozido, vire o tabuleiro sobre um pano ou papel vegetal polvilhado com açúcar e canela.

Corte o bolo em triângulos ou quadrados, conforme o gosto. Coloque em formas de papel frisado e sirva.

Foto: http://docesportugueses.com/alpiarca

Broas Fritas (Alpiarça)

Típicas da região de Alpiarça, estas broas são muito conhecidas e apreciadas. Feitas maioritariamente por ocasião do Natal e nos Santos, as broas de Alpiarça levam uma amêndoa no topo antes da fritura.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres (chá) de erva-doce
  • 250 ml de água
  • 200 ml de azeite
  • 500 g de farinha de milho
  • 600 g de farinha de trigo
  • 600 g de açúcar + q.b. p/ polvilhar
  • raspa de 1 limão
  • amêndoas para colocar no topo

Confeção:

Peneire para uma tigela as farinhas, o açúcar, a canela e a erva-doce, juntando depois a raspa de limão.

Ferva o azeite e deite-o sobre as farinhas, para as escaldar.

Misture tudo e comece a amassar com a água morna, temperada com o sal. Amasse muito bem.

Com as mãos enfarinhadas, tenda broas redondas ou ovais e espete-lhes em cima uma amêndoa.

Frite as broas em azeite até começarem a alourar. Escorra-as depois sobre papel absorvente e passe-as por açúcar.

Créditos da foto: www.gastronomias.com