Tag Archives: abobora

Broinhas de Batata com Abóbora e Frutos Secos

Nesta altura em que se confecionam as broas, é comum encontrarmos inúmeras receitas de broas de batata (geralmente batata-doce), broas de abóbora e broas de frutos, pois os três são ingredientes marcantes do outono. Nesta receita encontramos a combinação de todos eles, sendo a abóbora e a batata trabalhados simultaneamente para fazer o puré. O resultado só podia ser delicioso!

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de fermento
  • 100 g de manteiga
  • 130 g de abóbora
  • 2 ovos
  • 200 g de frutos secos (nozes, pinhão, passas, figos…) cortados em pedaços
  • 300 g de açúcar
  • 400 g de batata-doce ou de cozer
  • 500 g de farinha + q.b. p/ envolver as broas
  • raspas de 1 limão
  • água e sal q.b.

Confeção:

Coza a batata e a abóbora em água temperada com umas pedras de sal.

Escorra a água e reduza os legumes a puré.

Junte o açúcar, a manteiga derretida, a raspa de limão e os ovos.

Aos poucos, adicione a farinha, previamente misturada com o fermento, e amasse.

Junte os frutos secos e misture bem.

Com 2 colheres de sobremesa, faça bolas com a massa, coloque-as num prato com farinha e envolva.

Disponha as broinhas num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Leve as broas ao forno, pré aquecido a 180º C, cerca de 15 minutos.

Broas Doces (Figueira da Foz)

A doçaria tradicional da Figueira não é muito vasta, mas é riquíssima em termos de sabor e variedade de ingredientes. Uma das receitas tradicionais de referência são estas broas doces que são confecionadas na altura dos Santos ou ainda como um doce típico de Natal.

Trata-se de umas broas com frutos secos que ficam com uma cor alaranjada devido à presença da farinha de milho e da abóbora. As diferentes texturas dos frutos secos sobressaem na massa, com um interior marcadamente fofo e uma leve côdea formada pela cozedura.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 200 g de fermento biológico
  • 300 g de açúcar
  • 500 g de abóbora-menina
  • 500 g de farinha de milho
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • passas e nozes q.b.

Confeção:

Descasque a abóbora, corte-a em pedaços e coza-a em água temperada com sal.

Misture as farinhas e escalde-as com a abóbora acabada de cozer. Mexa bem.

Dissolva o fermento num pouco da água da cozedura da abóbora.

Junte o fermento diluído à mistura das farinhas e trabalhe bem a massa.

Adicione o açúcar, a manteiga derretida, as passas e as nozes cortadas aos bocadinhos.

Amasse cuidadosamente e, sempre que necessário, junte água da cozedura.

Tape bem o recipiente com um cobertor e deixe a massa levedar, num local ameno e sem correntes de ar, até que duplique o volume.

Com as mãos enfarinhadas, tenda a massa, formando broas pequenas e redondas, que irá dispondo num tabuleiro untado de azeite.

Leve a cozer em forno quente cerca de 1 hora.

Fonte: Câmara Municipal da Figueira da Foz

Broas dos Santos com Abóbora

À receita tradicional das broas dos Santos, também conhecidas como bolos dos Santos, alia-se a abóbora e o resultado são uns bolinhos deliciosos, capazes de fazer crescer água na boca. Como se costuma dizer, estes bolos, típicos do dia de Todos os Santos, são de comer e chorar por mais

Ingredientes:

  • ½ colher (sopa) de canela
  • ½ kg de farinha de milho
  • 1 colher (sopa) de sementes de erva-doce
  • 1 pitada de sal
  • 100 ml de água fria
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1 pau de abóbora
  • 1,5 kg de abóbora-menina
  • 250 g de açúcar amarelo
  • 30 g de fermento de padeiro
  • 50 g de nozes
  • 50 g de passas
  • 50 g de pinhões
  • ovo p/ pincelar

Confeção:

Coza a abóbora num pouco de água com sal, escorra e esmague-a. Reserve a água.

Dissolva o fermento na água fria e junte as farinhas, previamente misturadas, amassando vigorosamente à medida que vai juntando a abóbora e o açúcar. Se necessário, junte um pouco da água de cozer a abóbora.

Quando a massa tiver uma consistência bem elástica, tape e ponha-a a levedar em local temperado.

Corte os frutos secos em pedaços e reserve.

Mergulhe as passas e o pau de abóbora em água morna, enxugando-os de seguida.

Estando a massa levedada, adicione a erva-doce e a canela, os frutos secos, as passas e o pau de abóbora.

Ponha um pouco de farinha e da massa num recipiente com cerca de 10 cm de diâmetro.

Molde a massa em bolas, rodando o recipiente. Repita a operação as vezes necessárias para terminar o preparado.

Disponha as broas em tabuleiros untados com azeite, pincele-as com ovo e leve a cozer em forno bem quente (200º a 220º C), entre 30 a 40 minutos.

Tarte de Abóbora

A tarte de abóbora é uma receita tradicional muito fácil de preparar e bastante saborosa, servida sobretudo durante o outono e inverno. A base da tarte é um creme de abóbora, sendo geralmente aromatizada com noz-moscada, canela e gengibre.

Esta tarte é conhecida e apreciada em todo o mundo, ganhando especial relevância nos Estados Unidos e Canadá, pois é um dos doces tradicionalmente servido à mesa no dia de Ação de Graças e no Natal.

Ingredientes:

  • ½ chávena de açúcar mascavado
  • ½ colher (chá) de noz-moscada
  • ½ colher (chá) de sal
  • 1 chávena de abóbora
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 colher (chá) de gengibre em pó
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de melaço
  • 2 ovos
  • massa areada q.b.
  • chantilly p/ decorar (opcional)

Confeção:

Corte a abóbora em pedaços pequenos e ponha-os a cozer em água a ferver.

Bata os ovos e misture todos os ingredientes, à exceção da massa. Estenda esta na tarteira e deite sobre ela o preparado anterior.

Leve a cozer em forno previamente aquecido a 250º C durante 10 minutos.

Reduza a temperatura para 160º C e deixe cozer durante mais 40 minutos. Após esse tempo, verifique a cozedura com um palito.

Se desejar, decore com chantilly.

Queques de Abóbora Porqueira

A abóbora porqueira é tem a polpa amarelo claro e casca também amarela, por vezes matizada de verde. O seu nome deve-se ao facto de, na província, ser comummente dada como alimento aos porcos. No entanto, são várias as utilizações que se podem dar a esta espécie de abóbora, desde a preparação de sopas à confeção de doces e bolos, como é o caso da receita aqui apresentada.

A título de curiosidade, ressalvamos que, embora sejam muitas vezes confundidas, a abóbora porqueira é uma espécie diferente da abóbora-menina. Esta última tem um sabor mais intenso, a casca é laranja e a polpa é espessa, de cor laranja forte. Para fazer estes queques, deve usar especificamente abóbora porqueira, pois com outra qualidade os bolos não ficam tão bem.

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) de farinha com fermento
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 500 g de abóbora cozida bem escorrida
  • 500 g de açúcar
  • 6 ovos

Confeção:

Bata o açúcar com as gemas até ficarem fofas. Misture a abóbora e, com a água bem espremida, a farinha e a manteiga derretida.

Envolva tudo muito bem, sem desfazer a abóbora, e envolva as claras batidas em castelo firme.

Deite a massa em forminhas untadas com manteiga e leve a cozer no forno cerca de 20 minutos, tendo o cuidado de verificar a cozedura.