Pudim de Natal

Este pudim, tradicionalmente servido no Natal como parte da ceia da consoada, tem as suas origens na Inglaterra medieval. Na sua confeção entra uma quantidade considerável de passas – corintos e sultanas -, levando também fruta cristalizada e especiarias.

O pudim mantém-se durante vários meses (até um ano), porque contém muito álcool.

Ingredientes:

  • ½ colher (chá) de fermento em pó
  • 1 chávena (café) de leite
  • 1 chávena de açúcar
  • 1 chávena de vinho do Porto
  • 1 colher de bicarbonato de sódio
  • 1 copo de conhaque ou whisky
  • 1 pacote de cidrão
  • 100 g de abóbora cristalizada
  • 125 g de manteiga
  • 150 g de cerejas cristalizadas
  • 2 chávenas de farinha
  • 250 g de corintos
  • 250 g de sultanas
  • 4 ovos

Confeção:

Bata muito bem a manteiga com o açúcar.

Junte os ovos, um a um, e volte a bater bem.

Acrescente os ingredientes secos, previamente peneirados, o leite e o vinho do Porto. Mexa bem.

Por último, deite as frutas e leve a cozer em forno lento, entre 1h e 30m a 2h, numa forma lisa com papel untado de manteiga.

Quando o pudim estiver cozido, retire-o e regue com o conhaque ou whisky. Decore a seu gosto.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *