Folares Lagartos (Alto Alentejo)

Na Páscoa, na região do Alto Alentejo, com especial destaque em Castelo de Vide, além dos bolos fintos e folares tradicionais, é tradição fazer estes folares em forma de lagarto. Depois de cozidos, para ficarem brilhantes, são pincelados com geleia ou calda de açúcar.

A inclusão do ovo neste e na generalidade dos folares e bolos de Páscoa, representa a fecundidade e a abundância – a renovação periódica da natureza.

Tradicionalmente, estes folares são oferecidos pelos padrinhos aos afilhados, ou entre compadres e comadres. Outrora eram muito comuns, mas tornam-se cada vez mais raros e, também por isso, é preciso preservar e divulgar a receita.

Ingredientes:

(cerca de 4 lagartos)
Para a massa
  • 1 colher (sopa) de erva-doce
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal fino
  • 1,250 kg de farinha
  • 125 g de banha
  • 125 g de manteiga
  • 125 ml de água morna
  • 125 ml de leite
  • 300 g de açúcar
  • 4 ovos
  • 50 g de fermento de padeiro
  • geleia (ou calda fraca) p/ pincelar
Para a decoração
  • 4 ovos cozidos
  • feijão frade seco q.b.

Confeção:

Deite 500 g de farinha numa tigela.

Junte o sal, a erva doce e o fermento diluído na água morna. Misture um pouco e amasse durante uns minutos – se necessário, junte mais um pouco de água morna.

Acrescente 2 ovos, o açúcar, o leite e continue a amassar, incorporando bem todos os ingredientes.

Derreta a margarina e a banha e junte-as à massa, envolvendo tudo muito bem.

Junte a restante farinha, o fermento em pó e amasse muito bem.

Depois de bem amassada, retire um pedaço de massa e faça com ela um rolo, sobre uma superfície polvilhada com farinha. estique a massa e dê-lhe uma forma cónica, retirando uma rodela para fazer a parte de cima da cabeça do lagarto.

Ponha a massa num tabuleiro untado e espalme a parte mais larga, que será a cabeça do lagarto. Coloque o ovo cozido por cima e cubra-o com uma rodela de massa que tinha retirado. Ate a zona do pescoço com uma fita de embrulho, sem apertar demasiado.

Para dar forma às restantes partes do corpo do lagarto, faça quatro cortes laterais na zona do tronco, que serão as pernas e, para formar as patas, alargue um pouco as extremidades com as mãos. Faça depois pequenos golpes com a tesoura, no dorso e cauda, imitando as escamas do lagarto.

Pincele  suavemente a massa com 2 ovos batidos. No lugar dos olhos, coloque os feijões.

Leve a cozer, em forno a 200º C, cerca de 20 minutos.

Depois de cozidos, pincele os folares com geleia.

Para finalizar, ate uma fita de seda, em volta do pescoço, por cima da que colocou anteriormente, e dê um laço.

Nota:

Dependendo do tamanho dos lagartos, a massa pode render mais ou menos que os 4 indicados.

Foto: http://iguariaspragulosos.blogspot.pt

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *