Category Archives: Receitas sem Lactose

Rosquilhos

É variada a gastronomia da região do Tâmega, no norte de Portugal. Na doçaria, além da referência dos doces conventuais, são os doces de feira os que mais se consomem;  muitas vezes cobertos por uma espessa camada de açúcar, destacam-se, entre outros, os bolinhos de amor e os rosquilhos, típicos de Meinedo, no concelho da Lousada, cuja receita aqui apresentamos.

Estes bolos, tradicionalmente vendidos em feiras e romarias, eram originalmente para gente pobre, mas saborosos ao ponto de a receita se perpetuar até aos dias de hoje, sendo uma referência na doçaria tradicional daquela região.

Embora o formato se mantenha de acordo com o nome que é dado a estes bolos, os tamanhos variam, podendo ser fabricados rosquilhos grandes ou pequenos. A receita irá render de acordo com o tamanho em que moldar os rosquilhos.

Ingredientes:

  • 1 pitada de sal
  • 12 ovos
  • 600 g de farinha com fermento
  • raspa de 1 limão
  • calda de açúcar p/ a cobertura

Confeção:

Deite o sal nos ovos e bata-os, com a raspa do limão.

Junte a farinha e bata até que a massa fique endurecida e apta a ser moldada.

Retire pedaços de massa, estique-a e enrole-a, dando a forma de rosca típica destes bolos.

Entretanto, prepare a calda de açúcar.

Com a calda ainda quente, mergulhe nela as roscas, uma a uma, de forma que fiquem bem cobertas.

Foto: http://www.rotadoromanico.com (Património Imaterial do Tâmega e Sousa – Gastronomia)

Compota de Laranja

Esta receita é a forma tradicional de preparar a compota de laranja, uma receita muito antiga, fácil de fazer e que rende bastante, permitindo aproveitar a laranja toda. É uma compota que se conserva durante muito tempo, podendo manter-se de um ano para o outro, desde que esteja devidamente acondicionada.

Originalmente a compota era preparada com laranja amarga. Com o tempo, dado que nem sempre se consegue arranjar laranja amarga, passou a incluir-se limão para obter a acidez que as laranjas normais não têm.

Ingredientes:

  • 1,5 kg de açúcar
  • 1,5 l de água
  • 750 g de laranjas
  • 1 limão

Confeção do modo Tradicional:

Lave muito bem as laranjas e corte-as meias luas finas, eliminando os caroços (todo o resto da laranja é aproveitado).

Coloque as laranjas numa panela com a água e deixe macerar durante 8 horas.

Leve a ferver, em lume brando, até que as cascas da laranja amoleçam um pouco.

Junte o açúcar e o sumo do limão, mexendo bem após a adição.

Deixe continuar a ferver – cerca de 1 hora – para a compota ganhar consistência. Para verificar se está pronto, deite um pouco de doce num prato, passe com uma colher; estará pronto se abrir estrada, caso contrário, deixe apurar mais um pouco, até obter a textura desejada.

Retire a compota do lume, remova a espuma que ficou à superfície deite a compota, ainda quente, em frascos esterilizados. Feche bem os frascos e vire-os ao contrário para criar vácuo (deixe-os ficar nesta posição entre 30 minutos a 1 hora assim).

Depois de arrefecer, guarde a sua compota de laranja num local fresco.

Preparação na Bimby:

Coloque no copo da Bimby o açúcar, as laranjas e o limão (previamente descascados e sem caroços) e a casca de 1 laranja (sem a parte branca). Triture 15 seg./ velocidade 6.

Programe 25 min./ 100º C/ velocidade 1 (sem o copo medidor).
Como a laranja liberta muito sumo, se achar que a consistência da compota está muito líquida, poderá torná-la mais espessa, deixando apurar um pouco mais; para tal, programe 20 min./ Varoma/ vel Counterclock.

Estando pronta, deite a compota, ainda quente, em frascos esterilizados. Feche bem os frascos e vire-os ao contrário para criar vácuo (deixe-os ficar nesta posição entre 30 minutos a 1 hora assim).

Nota:

Ajuste a acidez da compota atendendo ao seu gosto pessoal. Para tal, bastará aumentar ou diminuir a quantidade de limão usado na receita.

Doce de Morango Caseiro

É muito simples de encontrar doce de morango nas prateleiras de qualquer superfície comercial, mas o de compra não tem o sabor de uma boa receita caseira. Este é um doce muito apreciado para comer com pão ou bolachas, mas também pode ser aplicado como cobertura ou acompanhamento de sobremesas.

Ingredientes:

  • 1 kg de morangos
  • 225 g de açúcar
  • 1 pau de canela

Confeção do modo Tradicional:

Lave os morangos e retire-lhes o pé.

Num tacho, coloque os morangos cortados em pedaços juntamente com o açúcar e o pau de canela.

Leve a cozinhar em lume moderado e, quando levantar fervura, baixe de intensidade. Deixe ferver, lentamente, até que os morangos fiquem moles e comecem a querer desfazer-se (cerca de 1 hora).

Retire do lume, extraia o pau de canela e reduza o preparado a puré, usando a varinha mágica. Se desejar que a o doce fique com pedacinhos de morango, não o triture na totalidade.

Leve novamente ao lume para apurar um pouco até fazer estrada e ficar com a textura desejada.

Retire do lume e coloque o doce de morango em frascos esterilizados, tapando-os de imediato, e voltando com a tampa para baixo até arrefecerem por completo.

Nota:

Enquanto o doce está ao lume, deverá ir retirando a espuma que se forma à superfície com uma escumadeira.

Preparação na Bimby:

Lave os morangos e retire-lhes o pé.

Coloque os ingredientes no copo da Bimby e programe 35 min/ varoma/ velocidade 1.

Passados os 35 minutos, retire o pau de canela e triture 6 seg/ velocidade 5. Poderá deixar mais algum tempo, dependendo se prefere que o doce fique completamente triturado ou com alguns pedaços de morango.

Deixe apurar mais um pouco e, quando o doce tiver a consistência desejada, coloque o doce em frascos esterilizados. Feche-os de imediato e vire os frascos ao contrário para que criem vácuo.

Depois de completamente frio, conserve o seu doce de morango no frigorífico | geladeira.

Nota:

Quando a Bimby atingir a temperatura Varoma, se desejar, substitua o copo medidor pelo cesto, para que a humidade evapore e o doce fique mais consistente.

Doce de Damasco (alperce)

O damasco, conhecido com diversas outras designações, entre as quais alperce ou abricô, é um fruto conhecido há vários milénios, sendo consumido ao natural, desidratado ou em forma de doces, geleias e compotas.

Este fruto, semelhante ao pêssego, mas mais pequeno e de cor laranja, não é muito sumarento mas marcadamente suave e doce.

Ingredientes:

  • 1 kg de damascos | alperces maduros
  • 1 pau de canela (opcional)
  • 700 g de açúcar

Confeção do modo Tradicional:

Lave os damascos e corte-os em pedaços, retirando o caroço.

Leve ao lume um tacho com os damascos cortados, o açúcar e a canela.

Deixe apurar, mexendo continuamente até o preparado atingir o ponto de estrada (ao passar com a colher pelo doce, abre-se uma espécie de estrada que não se fecha de imediato e permite ver o fundo do tacho).

Retire o pau de canela e deixe o doce arrefecer um pouco.

Deite o doce de damasco em frascos de vidro esterilizados. Vire-os ao contrário para ganharem vácuo.

Preparação na Bimby:

Lave os damascos, corte-os a meio e retire-lhes os caroços.

Coloque-os no copo da Bimby, juntamente com o açúcar.

Pique durante alguns na velocidade 5.

Querendo, junte o pau de canela e programe  40 min/ 100º C/ velocidade 1. Se o doce ainda se apresentar muito líquido, deixe apurar mais 5 a 10 minutos.

Retire o pau de canela e deixe o doce arrefecer um pouco.

Deite o doce de damasco em frascos de vidro esterilizados e vire-os ao contrário para ganharem vácuo.

Dica:

Para esterilizar os frascos de vidro, deixe-os a ferver durante 30 minutos ou leve-os ao forno, pré-aquecido a 250º C, durante 10 minutos.

Pudim de Amêndoas com Laranja

Prepare uma sobremesa diferente, combinando a amêndoa e a laranja num pudim aromático, rico e delicioso. A cozedura em banho-maria dá-lhe uma consistência única, apetecível, e a textura da amêndoa faz-se sentir delicadamente em cada colherada.

Ingredientes:

  • 12 gemas
  • 250 ml de água
  • 250 g de miolo de amêndoa + q.b. p/ decorar
  • 3 claras
  • 500 g de açúcar
  • 6 rodelas de laranja
  • caramelo líquido p/ untar a forma

Confeção:

Ponha o açúcar e a água ao lume até fazer ponto de pérola (a calda é espessa e corre em fio, ficando uma gota suspensa na extremidade, como se fosse uma pérola). Junte, então, as rodelas de laranja e ferva até obter um preparado transparente.

Envolva o miolo de amêndoa, previamente pelado e ralado. Deixe amornar e adicione as gemas e as claras.

Deite o preparado numa forma redonda devidamente caramelizada.

Leve a cozer em banho-maria, a 180° C, entre 45 e 50 minutos.

Retire o pudim, deixe amornar e desenforme. Decore com miolo de amêndoa.

Sugestão:

Use as claras que sobraram da preparação deste pudim para fazer os deliciosos Suspiros de Águeda.