Category Archives: Receitas Bimby

Queijadas de Évora

Évora é uma das riquezas patrimoniais de Portugal, tendo sido classificada como Património Mundial em 1986. No entanto, não é só em termos históricos que a cidade (e toda a região do Alentejo) se destaca, a doçaria tradicional é riquíssima, com receitas irresistivelmente saborosas. Estas queijadas são um exemplo disso mesmo – com a sua massa crocante e um recheio envolvente, à base de ovos e queijo fresco de ovelha.

A receita provém da doçaria conventual e o recheio leva uma quantidade considerável de gemas, sem incluir qualquer claras. Quando a fizer, poderá aproveitar para preparar Molotov ou os  deliciosos Amores de Azeitão (veja receitas aqui e aqui). Experimente e verá que o difícil será guardar alguma queijada depois de pronta…

Ingredientes:

(± 20 queijadas)
Para a massa
  • 1 pitada de sal
  • ± 120 ml de água tépida
  • 350 g de farinha de trigo
  • 60 g de manteiga
Para o recheio
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 14 gemas
  • 6 queijos frescos pequenos de ovelha
  • 500 g de açúcar + q.b. p/ a cobertura
  • 60 g de manteiga

Confeção do Modo Tradicional:

Junte a farinha com a água e o sal, amassando bem até obter uma massa uniforme.

Acrescente a manteiga, misturando até que esteja incorporada, mas sem amassar.

Estenda a massa, sobre uma superfície lisa e enfarinhada, até que fique bem fina, e corte-a em rodelas.

Unte forminhas caneladas, forre-as com a massa, apare os rebordos e pique o fundo com um garfo. Reserve.

Para o recheio, comece por desfazer o queijo com a varinha mágica ou com um garfo.

Junte as gemas, o açúcar, a manteiga e a farinha, batendo bem até obter uma mistura homogénea.

Encha as forminhas com o recheio, coloque-as num tabuleiro e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 180º C, cerca de 30-35 minutos, até que fiquem douradinhas.

Retire as queijadas do forno, deixe amornar um pouco e vire-as sobre uma superfície lisa polvilhada com açúcar.

Preparação na Bimby:

Para a massa, deite a farinha no copo, junte a manteiga, a água e o ovo e programe 30 segundos/ velocidade 6.

Retire a massa do copo da Bimby, estenda a massa numa bancada polvilhada com farinha, até que fique bem fina, e corte-a em rodelas.

Unte forminhas caneladas, forre-as com a massa, apare os rebordos e pique o fundo com um garfo. Reserve.

 Para o recheio, deite o açúcar no copo da Bimby, adicione as gemas, o queijo fresco, a farinha e a manteiga e programe 30 segundos/ velocidade 6.

Passe a espátula e ligue mais 20 segundos/ velocidade 6.

Divida a mistura pelas forminhas, coloque-as num tabuleiro e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 180º C,  aproximadamente 35 minutos, até que fiquem douradinhas.

Retire as queijadas do forno, deixe amornar um pouco e vire-as sobre uma superfície lisa polvilhada com açúcar.

Notas:
  • Há quem use requeijão, mas as queijadas de Évora são feitas com queijo fresco, de preferência de ovelha.
  • Também há receitas que incluem 1 colher (café) de canela no recheio. Poderá fazê-lo para intensificar os sabores e deixar as queijadas mais aromáticas.

Foto retirada da Internet

Queijadas de Sintra

As queijadas de Sintra são compostas por um delicioso recheio à base de queijo fresco, açúcar, ovos, farinha e canela, envolvido numa massa crocante e estaladiça.

As primeiras referências a estas queijadas datam do séc. XIII e, segundo os arquivos da  Torre do Tombo, na época serviam como pagamento de foros. Sintra possuía excelentes pastagens e excesso de queijo fresco, sendo este usado para o fabrico deste doce.

A receita terá sido criada no Convento da Penha Longa, em Linhó. No entanto, receita de então é diferente da de hoje, pois naquela época ainda não se conhecia a canela e o açúcar.

Em meados do séc. XVIII, uma senhora de Ranholas, de nome Maria Sapa, industrializou o fabrico caseiro deste doce tradicional, dando-lhe grande projeção.

Sintra era um ótimo lugar para a industrialização das queijadas, pois havia muita criação de gado. Devido ao sucesso que obtiveram, a produção das queijadas aumentou e, em meados do século XIX, surgiram as principais fábricas deste afamado doce regional, como a “Sapa”, a “Piriquita”, o “Gregório” e a “Casa do Preto”.

Veja a receita e prepare em casa estas deliciosas queijadas, consideradas dos melhores bolos tradicionais portugueses.

Ingredientes:

(12 queijadas)
Para a massa
  • 1 ovo
  • 1 pitada de sal fino
  • 120 ml de água
  • 350 g de farinha de trigo
  • 75 g de manteiga
Para o recheio
  • 1 colher (café) de canela
  • 1 pitada de sal fino
  • 1,5 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 160 g de açúcar
  • 4 queijinhos frescos
  • 8 gemas
  • 80 g de manteiga derretida
  • raspa de ½ limão

Confeção do Modo Tradicional:

Ligue o forno a 190º C.

Para a massa, misture a farinha com o sal e a manteiga cortada em pedaços pequenos. Amasse, esfregando com a ponta dos dedos.

Junte o ovo e a água, voltando a amassar.

Estenda a massa com um rolo de cozinha numa superfície plana, ligeiramente polvilhada com farinha, deixando-a com uma espessura fina.

Recorte 12 círculos na massa e forre com eles formas de queijada salpicadas com água. Reserve.

Para o recheio, comece por passar os queijos por um passador de rede fina, pressionando com os dedos.

Deite a pasta dos queijos numa tigela funda e incorpore o açúcar, o sal, a raspa de limão e a canela, juntando depois as gemas e a manteiga derretida.

Misture muito bem até os ingredientes ficarem ligados.

Distribua o creme pelas formas e leve a cozer cerca de 25-30 minutos.

Deixe amornar e desenforme.

Sirva as queijadas levemente mornas ou frias.

Preparação na Bimby:

Ligue o forno a 190º C.

Para a massa, coloque no copo todos os ingredientes e programe 20 segundo/ velocidade 6.

Estenda a massa com um rolo de cozinha numa superfície plana, ligeiramente polvilhada com farinha, deixando-a com uma espessura fina.

Recorte 12 círculos na massa e forre com eles formas de queijada salpicadas com água. Reserve.

Para o recheio, coloque no copo da Bimby todos os ingredientes e programe 4 minutos/ velocidade 4.

Encha as forminhas com o creme e leve ao forno durante 25 a 30 minutos.

Deixe amornar e desenforme.

Sirva as queijadas levemente mornas ou frias.

Sugestão:

Aproveite as claras, preparando outro doce regional português igualmente famoso – as Cavacas de Águeda (receita AQUI).

Foto retirada da Internet

Queques de Requeijão

Há dias, a nossa subscritora Alzira Serra enviou-nos uma mensagem com o pedido de divulgação de receita de queques de requeijão, uma vez que só aqui tinha encontrado as queijadas de requeijão. Na sua opinião, os queques tornam-se menos enjoativos do que as queijadas e são ótimos para saborear com uma chávena de chá.

Amavelmente, disponibilizou-se para nos enviar a receita, que deveria ser dada a conhecer por serem tão saborosos, com uma massa marcadamente fofa. Assim o fez, ilustrando-a com uma foto apelativa, capaz de nos abrir o apetite…

Vaja como fazer estes deliciosos bolos, uma receita simples, que adaptámos também para a Bimby.

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1 requeijão
  • 250 g de açúcar
  • 250 g de farinha de trigo
  • 4 ovos (claras e gemas separadas)

Confeção do modo Tradicional:

Ligue o forno a 180º C.

Unte formas de queques com manteiga e reserve.

Envolva o fermento na farinha.

À parte, misture muito bem o açúcar com o requeijão até obter uma pasta homogénea.

Bata as claras em castelo firme, com uma pitada de sal, e junte-as à mistura anterior, em colheradas alternadas com a farinha, de forma a que a última seja de claras.

Quando começar a fazer bolhas, deite o creme nas formas até cerca de ¾ da sua capacidade.

Leve ao forno, cerca de 20 minutos, até os queques estarem cozidos, sem ficarem secos.

Retire do forno, deixe esfriar e desenforme.

Preparação na Bimby:

No copo, junte as gemas com o açúcar e programe 3 minutos/ velocidade 4.

Junte o requeijão  à massa e programe  20 segundos/ velocidade 3.

Acrescente a farinha e programe 15 segundos/ velocidade 3.

Ligue o forno a 180º C.

Com o copo limpo, coloque as claras e 1 pitada de sal, e bata-as em castelo, durante 6 minutos/ velocidade 3,5.

Junte as claras à massa, sem bater.

eite o creme nas formas até cerca de ¾ da sua capacidade.

Leve ao forno, cerca de 20 minutos, até os queques estarem cozidos, sem ficarem secos.

Retire do forno, deixe os queques arrefeceram e desenforme.

Notas:
  • Se usar farinha com fermento, adicione somente  1 colher (café) de fermento em pó.
  • Se tiver formas de silicone ou com fundo anti-aderente, apenas precisa de untar a primeira vez.
    Poderá também colocar formas de papel dentro das formas de queques e deitar o creme nelas, sem necessidade de untar.

Biscoitos de Maisena

Os biscoitos de maisena são muito populares no Brasil, onde são conhecidos como biscoitos ou bolachas de maizena. Usados para consumo direto, são muitas vezes empregues como base na preparação de outras receitas, nomeadamente os pavês.

Como o próprio nome indica, são bolos feitos à base de farinha maisena, geralmente de formato retangular e com as extremidades arredondadas; no entanto, também podem ter uma forma idêntica às Areias, tão populares em Portugal.

Por cá, estes biscoitos não têm a popularidade que têm no Brasil, equivalendo, em termos de utilização e textura, à bolacha Maria.

Ingredientes:

(para 24 biscoitos)
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1 colher (sopa) de extrato de baunilha
  • 1 ovo
  • 100 g de maisena
  • 100 g de manteiga (à temperatura ambiente)
  • 125 g de açúcar
  • 150 g de farinha de trigo
  • 3 a 4 colheres (sopa) de leite

Confeção do modo tradicional:

Ligue o forno a 200º C.

Coloque todos os ingredientes num recipiente grande. Comece por os envolver com uma colher, formando uma espécie de farofa, misturando-os depois com as mãos.

Amasse bem e, se achar necessário ligar melhor os ingredientes, acrescente mais um pouco de leite. Depois de bem amassada, a massa ficará compacta, mas macia.

Com as mãos enfarinhadas, faça bolinhas e coloque-as, um pouco espaçadas, num tabuleiro.

Pressione cada uma das bolinhas com os dentes de um garfo.

Leve a cozer, cerca de 20 minutos (ou até dourarem), baixando a temperatura do forno para os 180º C.

Retire os biscoitos depois de cozidos, desenforme e deixe arrefecer.

Preparação na Bimby:

Ligue o forno a 200º C.

Coloque no copo a manteiga, o açúcar e o extrato de baunilha, envolvendo durante 15 seg/ vel 4.

Junte o ovo e bata um pouco mais.

Acrescente as farinhas, o fermento e o leite. Misture 15 seg/ vel 3.

Com as mãos enfarinhadas, faça bolinhas e coloque-as, um pouco espaçadas, num tabuleiro.

Pressione cada uma delas com os dentes de um garfo.

Leve a cozer, cerca de 20 minutos (ou até começarem a ter uma tonalidade dourada), baixando a temperatura do forno para os 180º C.

Retire os biscoitos depois de cozidos, desenforme e deixe arrefecer.

Bolo Formigueiro (Brasil)

O bolo formigueiro é uma receita brasileira, muito afamada a nível internacional. Terá surgido durante o período colonial, nas grandes fazendas do interior de Minas ou no Nordeste, como uma forma de aproveitamento de sobras de chocolate.

A receita é muito simples, mas o resultado é um bolo delicioso, que permite fazer uma grande variedade de sabores, de acordo com os mais diversos gostos e ocasiões. É composto por uma massa branca e fofa, na qual se destacam pequenos pedaços de chocolate. O nome do bolo resulta exatamente dessa combinação, porque o interior pintalgado se assemelha a um formigueiro.

A massa da base pode ser simples, de iogurte ou de coco. Publicamos a receita em que a massa leva coco ralado, por ser a variante mais comum.

Ingredientes:

  • 1 copo de leite
  • 100 g de coco ralado
  • 150 g de óleo
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de chocolate granulado
  • 3 colheres (chá) de fermento em pó
  • 300 g de farinha de trigo
  • 4 ovos (claras e gemas separadas)

Confeção do modo Tradicional:

Ligue o forno a 180º C.

Bata as gemas com o açúcar.

Junte a margarina e bata mais um pouco.

Acrescente o coco ralado, o óleo e o leite e bata.

Adicione a farinha e o fermento e misture até obter uma massa homogénea. Reserve.

Bata as claras em castelo.

Envolva delicadamente as claras batidas no preparado reservado, juntamente com o chocolate granulado.

Deite o preparado numa forma untada e polvilhada com farinha.

Leve ao forno cerca de 40 minutos.

Preparação na Bimby:

Ligue o forno a 180°C.

Coloque a borboleta no copo e bata as claras em castelo, programando 4 min/ vel 3½ sem o copo de medida. Reserve.

Sem lavar o copo, junte o açúcar, as gemas, o coco, o óleo e o leite e misture durante 3 min/ 37° C/ vel 4.

Acrescente a farinha e o fermento e envolva 20 seg/ vel 3.

Com a espátula faça descer o que estiver nas paredes do copo e junte o chocolate. Misture durante 10 seg/ vel 3.

Envolva as claras em castelo durante 1 min/ vel 3.

Deite o preparado numa forma untada e polvilhada com farinha.

Leve ao forno cerca de 40 minutos.

NOTA:

Pode servir o Bolo Formigueiro simples ou com uma cobertura a gosto.