Category Archives: Compotas

Compota de Dióspiro com Vinho da Madeira

Estamos no outono, altura em que abundam os frutos secos, romãs e um fruto maravilhoso, o dióspiro. Embora nem todos apreciem a textura e sabor deste fruto, que deve ser consumido bem madurinho, ele é muito doce e propicia-se a preparar diferentes tipos de receita.

Esta compota é um dos doces que se pode preparar com o dióspiro, sendo ideal para barrar uma fatia de pão ou saborear sobre uma bolacha de água e sal ou tipo cream cracker. É uma excelente forma de saborear os dióspiros, podendo ser particularmente apreciada por quem não gosta de comer a fruta ao natural. Cá em casa é difícil conseguir que os dióspiros cheguem para fazer este tipo de receita, pois eu ADORO este fruto e eles tendem a aguentar-se muito pouco tempo na fruteira…

Ingredientes:

  • 1 kg de dióspiros
  • 2 colheres (sopa) de vinho da Madeira (ou vinho do Porto)
  • 2 estrelas de anis (erva-doce) (opcional)
  • 2 paus de canela
  • 700 g de açúcar

Confeção:

Lave os dióspiros e retire-lhes a pele.

Pique-os muito bem sobre uma tábua de cozinha (ou triture com a varinha mágica) e coloque a polpa obtida num tacho.

Junte os restantes dos ingredientes, podendo substituir o vinho da Madeira por vinho do Porto, e leve a lume brando até que o preparado ganhe consistência (cerca de 1h30).

Deixe que a compota arrefeça dentro do tacho, retire os paus de canela e as estrelas de anis (caso as tenha utilizado) e guarde em frascos de conserva, previamente esterilizados, fechando-os muito bem.

Doce de Framboesa

A framboesa, com o seu sabor suave e adocicado, é utilizada em diversas receitas. Este doce caseiro, feito com framboesas congeladas, é uma forma fácil e económica de saborear a essência desta deliciosa fruta de verão.

Ingredientes:

  • 1 limão
  • 400 g de açúcar
  • 500 g de framboesas congeladas

Confeção:

Coloque as framboesas, o sumo do limão e o açúcar num tacho e leve a lume brando.

Quando ferver, aumente a temperatura e deixe cozinhar durante 15 minutos, retirando a espuma que se vai formando à superfície.

Desligue o lume e deixe arrefecer.

Distribua o doce de framboesa em frascos de vidro esterilizados, vede e guarde no frigorífico ou num local reservado, protegido da luz.

Compota de Frutos Secos

Esta compota de frutos secos é perfeita para barrar no pão ou servir como acompanhamento para uma sobremesa requintada. Tem uma combinação perfeita de frutos – ameixas, alperces, figos e noz – e é extremamente simples de preparar.

Ingredientes:

  • 100 ml de chá forte
  • 1 fatia de pão de especiarias (ou pão de passas)
  • 125 g de açúcar
  • 150 g de ameixas secas
  • 200 g de alperces secos
  • 200 g de figos brancos secos
  • 80 g de miolo de noz

Confeção:

Lave os figos, os alperces e as ameixas. Escorra-os e deite-os numa taça.

Corte o pão em pedaços, deite-os sobre os frutos e regue com o chá. Misture e deixe em repouso durante 2 horas.

Mude os frutos para uma caçarola, adicione o açúcar e leve ao lume. Cozinhe durante cerca de 20 minutos, mexendo sempre.

Acrescente o miolo de noz e deixe apurar mais 15 minutos.

Deixe arrefecer antes de servir ou reservar.

Doce de Cabaço

Cabaço, ou cabaça, é um dos nomes dados à abóbora alongada, algumas em forma de garrafa, maioritariamente usada para fins ornamentais ou para a confeção de recipientes. Antigamente, no campo, estas abóboras eram usadas para conservar a água fresca.

Este doce é uma das utilizações culinárias que podem ser dadas à abóbora cabaço, sendo a canela um elemento que faz uma excelente ligação de sabores.

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de canela
  • 2,5 kg de açúcar
  • 3 kg de abóbora cabaço

Confeção:

Descasque a abóbora e corte-a em pedaços pequenos.

Numa panela, junte os pedacinhos de abóbora com o açúcar e misture, deixando repousar até que o açúcar fique bem húmido.

Junte a canela e envolva bem.

Leve o preparado ao lume e deixe ferver durante 2,5 horas, mexendo de vez em quando.

Distribua o doce em frascos esterilizados e deixe arrefecer.

Foto e receita: wwwcozinhadavo.blogspot.pt

Doce de Kiwi | Doce Verde

Se há receitas rápidas e fáceis de preparar, esta é com certeza uma delas. Saiba como fazer este doce, também conhecido como Doce Verde, que resulta num creme leve e saboroso para barrar no pão ou para servir à sobremesa. As galinhas do kiwi não são totalmente desfeitas e dão ao doce um aspeto característico.

Ingredientes:

  • 1 chávena (chá) de água
  • 1 kg de kiwis
  • 500 g de açúcar
  • sumo de 1 limão

Confeção:

Descasque os kiwis e corte-os em pedaços pequenos.

Junte a água e o sumo de limão e leve a lume brando, deixando apurar cerca de 15 minutos.

Triture o preparado, junte o açúcar e mexa até este se dissolver.

Leve de novo ao lume e deixe ferver lentamente durante 30 minutos.

Sirva o doce de kiwi como acompanhamento à sobremesa ou reserve, depois de frio, em frascos de vidro  hermeticamente fechados.