Category Archives: Bebidas

Vinho Quente (Vila do Conde)

A invenção do vinho quente vem de épocas remotas, quando o vinho precisava ser diluído em água e preparado com especiarias e algo para adocicar, para ficar com um sabor mais agradável. Era servido quente, sobretudo nas regiões mais frias, para aquecer as mãos e corpo dos habitantes locais. Hoje em dia, há várias versões de vinho quente por todo o mundo.

Esta receita em concreto é uma sobremesa tradicional de Vila do Conde, geralmente servida na ceia de Natal, depois dos fritos e após a Missa do Galo. É feita à base de vários tipos de vinho, aquecidos e misturado com gemas de ovos e pedaços de pão.

Ingredientes:

(6 a 8 pessoas)
  • 1 litro de água
  • 250 g de açúcar
  • 250 ml de vinho verde tinto
  • 250 ml de vinho da Madeira (tinto ou Moscatel)
  • 250 ml de vinho do Porto (tinto doce)
  • 6 ovos
  • pão duro q.b.
  • sal q.b.

Confeção:

Bata as gemas com o açúcar até obter uma boa gemada.

Leve a água ao lume, com umas pedrinhas de sal, e deixe levantar fervura.

Retire do calor, junte os vinhos verde e da Madeira e lave novamente ao lume para ferver.

Adicione depois o líquido, a pouco e pouco, à gemada. Volte a levar ao lume apenas para ferver.

Já fora do calor, adicione o vinho do Porto. Mexa e, se for necessário, junte um pouco mais de açúcar.

Na altura de servir, aqueça o vinho em banho-maria e sirva em chávenas com pedaços de pão.

[shopeat_button]

Licor de Menta

Feito à base de hortelã-pimenta, aguardente e xarope de açúcar, este licor é muito saboroso e refrescante, sendo ótimo para servir numa ocasião festiva ou num encontro de amigos.

Ingredientes:

  • 1 kg de açúcar
  • 1 litro de água
  • 1 litro de aguardente
  • 50 g de hortelã-pimenta fresca

Confeção:

Pique a hortelã-pimenta grosseiramente, deite-a para um recipiente de vidro com tampa, junte a aguardente, feche e agite. Guarde em local escuro cerca de 30 dias, agitando de vez em quando.

Passado o período de maceração, deite o açúcar para um tacho, junte a água, mexa e leve ao lume. Deixe ferver cerca de 5 minutos.

Desligue o lume e deixe o xarope arrefecer completamente.

Junte o xarope de açúcar à mistura da hortelã, agite bem e passe por coador de rede muito fina (ou por um pano).

Deite o licor em garrafas, tape e guarde em local resguardado do sol. Deixe repousar durante alguns dias antes de servir.

Licor de Maçã e Canela

Este licor tem os ingredientes ideais para as festividades de fim de ano. A combinação da maçã e a canela remetem-nos para os sabores e aromas típicos do Natal, embora o licor saiba bem em qualquer altura do ano.

Ingredientes:

  • 1 chávena | xícara de açúcar
  • 1 chávena de aguardente
  • 2 chávenas de maçã (com casca e caroço)
  • 3 paus de canela

Confeção:

Coloque a maçã cortada em pedaços num recipiente de vidro.

Junte o açúcar, os paus de canela e a aguardente.

Deixe macerar durante 30 dias, agitando o preparado diariamente para misturar os sabores e dissolver o açúcar.

Filtre o licor com um coador de rede muito fina ou, à falta deste, um pano de algodão.

Deite o licor em garrafas de vidro, feche e guarde em local resguardado do sol. O ideal será reservá-lo durante alguns meses antes de servir.

Notas:
  1. Quanto mais perfumadas forem as maçãs, mais gostoso o licor fica.
  2. Se desejar um licor pouco doce, reduza a quantidade de açúcar para metade.
  3. Poderá servir o licor logo após a sua preparação, mas estará demasiado forte devido à aguardente. Os meses de repouso deixá-lo-ão mais suave e aromático.