Bolos Fintos (Alto Alentejo)

Na Páscoa, em toda a região do Alto Alentejo se confecionam e vendem os tradicionais Bolos Fintos. O nome atribuído ao bolo está relacionada com o facto de amassa ter de ficar a levedar (ou seja, fintar) durante várias horas, de preferência de um dia para o outro. Trata-se de um bolo tradicional da Páscoa, confecionado para os padrinhos oferecerem aos afilhados (antigamente também era tradição nos casamentos os noivos oferecerem estes bolos aos convidados como agradecimento pela sua presença).

Em termos de características, os bolos fintos são muito aromáticos, devido à presença da erva-doce e canela, e consistem numa espécie de folar, embora se tornem menos secos. Atualmente, este tipo de bolos é consumido durante todo o anos, mantendo o seu estatuto de doce tradicionalmente associado à Páscoa.

Ingredientes:

(para cerca de 8 bolos)
  • 1 cálice de aguardente
  • 1 colher (café) de canela
  • 1 colher (café) de erva-doce
  • 1 kg de farinha de trigo (aproximadamente)
  • 1 pitada de sal
  • 100 ml de azeite
  • 125 ml de leite morno
  • 15 g de fermento de padeiro | biológico
  • 250 g de açúcar + q.b. p/ polvilhar
  • 8 ovos
  • sumo de 1 laranja (opcional)

Confeção:

Desfaça o fermento em metade do leite morno.

Bata 7 ovos com o açúcar e adicione o fermento diluído, o restante leite, o azeite, a aguardente, o sal e as especiarias (canela e erva-doce).

Aqueça a mistura em lume brando e adicione a farinha, a pouco e pouco, até a massa ter a consistência desejada.

Amasse bem até a massa formar bolhas.

Abafe com um pano e deixar levedar (fintar), em local quente, cerca de 5 horas.

Deite a massa sobre uma superfície lisa, generosamente polvilhada com farinha, polvilhe com farinha e trabalhe a massa muito bem até deixar de colar nas mãos.

Tenda os bolos, dando-lhes o formato redondo característico, e coloque-os num tabuleiro untado e polvilhado, deixando um espaço entre si para que não colem. Deixe os bolos levedarem mais anhumas horas, até crescerem (poderá deixa-los de um dia para o outro).

Pincele a superfície dos bolos fintos com ovo, polvilhe-os com açúcar e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, até estarem cozidos e dourados

Nota:

A quantidade de farinha é indicativa, pelo que deve ser acrescentada aos poucos, até a massa tender, ficando com uma consistência um pouco mais mole que a massa do pão.

Fontes da receita: Blogue Comida da Tia Gracinha, “Bolos Fintos típicos do Alto Alentejo” e blogue Sonhos de Canela, “Reviver tradições que não se podem perder”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *