Papos de Anjo

Os papos de Anjo são doces tradicionais portugueses, provenientes da doçaria conventual, muito difundidos e apreciados no Brasil. A origem destes bolos, como tantos outros na cozinha tradicional e conventual portuguesa, está relacionada com o aproveitamento de ovos, sobretudo a gema.

Os Papos de Anjo são envoltos em calda de açúcar, havendo, no entanto, variantes em diversas regiões de Portugal.

Ingredientes:

Para os bolos
  • 1 ovo
  • 9 gemas
Para a calda
  • 1 pau de canela
  • 500 ml de água
  • 600 g de açúcar
  • casca de 1 limão (ou um pouco de rum)

Confeção:

Misture todos os ingredientes da calda e leve ao lume, deixando ferver durante 4 minutos. Reserve.

Para os bolos, bata as gemas e o ovo até triplicarem de volume.

Deite este preparado em formas de queques, devidamente untadas e polvilhadas, até atingir metade da sua capacidade.

Coloque as formas num tabuleiro e leve a cozer em forno quente (230º C) entre 15 a 18 minutos.

Desenforme os Papos de e Anjo e pique-lhes a base com um garfo.

Mergulhe os bolos na calda ainda quente (reserve uma parte da calda para regar os papos na altura de servir).

Sirva os Papos de Anjo frios, numa taça grande ou em taças, regados com a calda que reservou.

Sugestão:

Use as claras para fazer os tradicionais Suspiros de Águeda.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *